sex. jan 24th, 2020

Vida: é pra viver ou entender?

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


 

A vida é um conceito multifacetado. Pode-se referir ao processo em curso do qual os seres vivos são uma parte; ao espaço de tempo entre o nascimento e a morte dum organismo; a condição duma entidade que nasceu e ainda não morreu; e aquilo que faz com que um ser vivo esteja… vivo. Metafisicamente, a vida é um processo constante de relacionamentos.

Vida significa existência. Do latim “vita”, que se refere à vida. É o estado de atividade incessante comum aos seres organizados. É o período que decorre entre o nascimento e a morte . Por extensão vida é o tempo de existência ou funcionamento de alguma coisa.

A palavra vida tem um conceito bastante amplo e pode ter vários significados dependendo do contexto onde é inserida:

Vida boa – é uma vida ociosa, sem trabalho ou bastante proveitosa;

Vida social – são todas as manifestações provenientes das relações entre os seres humanos;

Vida orgânica – é o conjunto das funções vitais;

Vida de cão – é uma vida penosa, dura, trabalhosa, de maus tratos ou miserável;

Vida pública – é o exercício de qualquer cargo ou funções ligadas aos interesses do Estado ou da coletividade;

Vida latente – é a vida do órgão vegetal que, estando vivo, não apresenta manifestação de vida (as sementes maduras são órgãos com vida latente);

Vida eterna – é a existência espiritual depois da morte;

Vida unitiva – em Teologia, é a vida de perpétua união com Deus;

Danado da vida – é estar furioso, zangado, indignado;

Toda a vida – é uma expressão que indica ir na mesma direção, no mesmo caminho, sem se desviar.

 

Rogerio Souza, [08.12.19 02:17]

No teatro não se vive plenamente pois se preocupa com as coisas erradas, quando a única preocupação deveria ser justamente entender.

No reino se entende, as preocupações são outras, até maiores. Enxerga-se o conforto do passado mas é tarde pra desfrutar. Com isso há um impulso um pouco maior pra desfrutar, mas as novas preocupações da realidade final, do olho do furacão, do epicentro do teatro coletivo, o protagonismo existencial competem com as tentativas de alívio.

Por um lado é difícil e frustrante ter alívio, pois a ignorância facilita o alívio, e já perdemos ela, é tarde pra se arrepender de ter sido mal agradecido e ter reclamado e não aproveitado.

Por outro lado, a barra agora é tão mais pesada, a realidade tão mais contundente, que damos graças a Deus por todo o alívio disponível, e desfrutamos com alegria e gratidão. Sem esse alívio poderíamos não suportar. Sabemos, compreendemos finalmente o que não enxergávamos antes; que Deus sempre esteve conosco e está agora, nos ajudando a segurar o enorme peso da realidade, peso este que quanto mais curiosos ficamos pra saber, maior fica.

Uma parte de nós volta a ser criança e a buscar com amor os alívios da obra.
Uma outra parte quer ser madura e honrada, e busca servir a Deus como pode em forma de gratidão.

No fim a vida precisou pra mim pelo menos, ser entendida, pra só depois ser vivida.

Não julgo quem vive sem entender, mas a parte dessa pessoa que deseja ser honrada, caso ela pise na honra por ignorância, vai ser mais prejudicada.

A verdade suprema e simétrica da honra e do amor, da própria manifestação de Deus, é uma ciência matemática possível de comprovar, acessível por experimentos práticos quantificáveis. No entanto é oculta de forma sistemática e organizada.

O tecido do inconsciente coletivo é vivo e consciente, no entanto é ameba, não tem uma cabeça, um Rei pra dar um salto de consciência, percepção e complexidade.

Um indivíduo que sente e compreende essas coisas, pode por si mesmo começar e concluir a jornada mais importante da Consciência. A tomada final de auto consciência. O desaguar no oceano, no Reino.

 

 

 

 

Veja nas matérias abaixo sobre alguns temas citado no vídeo:

Dúvidas e certezas   

O olho do furacão

Protagonismo

O peso do coletivo

A importância dos jogos no reino

Despertar

Honra

Cristandade do luciferiano

 

 

 

Vamos ajudar

 

Ajudologia

Estimados irmãos e irmãs.

Em primeira ordem de relevância, eu lhes convido a revisitar a importância da interatividade no site.

• Comentários
• Compartilhamento
• Likes em todos os posts nas redes sociais
• Interação com o “merch” nos dois sites: aqui no portal e no site do livro (aprenda mais sobre nos grupos de alunos)
• Assiduidade, presença no portal todos os dias
• Consumo e produção/criação de conteúdo
• Compras na loja
• Matrículas em cursos a níveis profundos (ganhe téritos na compra)
• Pré-reserva de livros: Eu Mordi a Maçã, Lilith, O Anjo está em pé e Poemas do Inferno.
 Ser Membro

 

~Luz p’ra nós!~

Compartilhe a Verdade:



Compartilhe a Verdade!

7
Deixe um comentário

Please Login to comment
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
San MarquesRanierRômulo Matheus LinsArlete LimaPaulo Henrique Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Raquel Broll
Membro

Precisava entender por que não aceitava as injustiças que via a minha volta, hoje que entendi posso fluir mais leve mesmo sabendo da responsabilidade, hoje tenho um propósito o de levar a verdade para mais pessoas, gratidão mestre seus vídeos sempre edificam!

Thiago Galhas
Visitante

Fantástico!
Gratidão.
Luz p’ra nós!

Paulo Henrique
Membro

Luz p’ nos!

Arlete Lima
Membro
Arlete Lima

Luz pra nós…

Rômulo Matheus Lins
Membro
Rômulo Matheus Lins

Luz p’ra nos!!

Ranier
Membro
Ranier

Luz pra nós 🙏🏻

San Marques
Membro

Incrível como as duas coisas coexistem.