SOS Mata Atlântica decreta morte de Rio Paraopeba após tragedia de Brumadinho

Vista do Rio Paraopeba sujo de lama após rompimento de barragem

Compartilhe a Verdade:


Uma análise feita por uma equipe da Fundação “SOS Mata Atlântica”, confirmou que o Rio Paraopeba está morto em Pará de Minas. No sábado (2), a Fundação constatou a morte do rio a 40 km de distância do ponto de rompimento da Barragem 1 da Mina Córrego do Feijão.

De acordo com a especialista em águas e coordenadora do programa Rede das Águas da Fundação, Malu Ribeiro, dejetos decorrentes do rompimento da barragem foram encontrados a cerca de meio metro de profundidade.

Conforme o Corpo de Bombeiros em Pará de Minas, o Rio Paraopeba percorre cerca de 90 km de Brumadinho até o município.

Além de Pará de Minas, outros municípios vão receber a visita da Fundação SOS. A intenção é percorrer cerca de 300 km pelo Rio Paraopeba, desde Brumadinho, ao Reservatório de Três Marias.

Devido ao rompimento da barragem, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) expediu duas recomendações que proíbem a pesca e orientam que o Rio Paraopeba seja monitorado por órgãos ambientais no Estado, além do fornecimento de água para os animais atingidos pela lama.

Compartilhe a Verdade:


1
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Arthur Luighe Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Arthur Luighe
Membro
Arthur Luighe

O rio virou sangue