sex. set 20th, 2019

Sobre O Golpe Do Imperialismo Yankee Contra O Imperialismo Tupiniquim

Compartilhe a Verdade:


É cobra comendo cobra.

Segue alguns apontamentos dos últimos artigos do ex-diplomata, economista e professor Adriano Benayon, admirador de Enéas Carneiro e do PRONA bem como influenciador do pensamento político do mesmo, falecido em abril de 2016, sobre o golpe em curso no Brasil:

Não desminto a responsabilidade da atual chefe do Executivo (Dilma), nem a do ex-presidente Lula, em alguns dos fatos que têm sido difundidos e magnificados pelos mentores do processo de desestabilização daquela e de desmoralização deste.
Entretanto, não se deve ignorar que esse processo é patrocinado e teleguiado do exterior, e que seu objetivo está longe de ser o bem do País. Muito pelo contrário.
Ele ganha corpo, desde o mensalão, julgado no STF em 2012, e as manifestações de 2013, para as quais foram divulgados os abusos nas despesas superfaturadas e desnecessárias da construção de estádios e realização de obras para a Copa do Mundo de 2014.
Há corrupção em tudo isso, como também nas relações das empresas de engenharia com a Petrobrás. Mas isso ocorreu, em dimensões até maiores, em administrações do PSDB e outras, sem que fosse deblaterado pela mesma mídia que vergasta os petistas. Mais grave, ainda: sem que sofra repressão do Ministério Pública, da Polícia Federal ou do Judiciário.
Em artigo de 15.03.2016 – A Lavajato quer tirar o Brasil do BRICS e CELAC – Beto Almeida observa que os governos petistas retomaram políticas valiosas para a economia e a defesa nacionais, que remontam a medidas do presidente Geisel (1974-1978): apoio às empresas de engenharia nacionais, que – graças ao poder de compra de Petrobrás – desenvolveram capacidade competitiva em obras no exterior.
Recorde-se Henry Kissinger (Sionista judeu): “Não podemos tolerar o surgimento de um novo Japão no Hemisfério Ocidental.” O império assegurou seu objetivo, desde agosto de 1954, fazendo o Brasil entregar, com subsídios, às empresas transnacionais o grosso dos mercados da indústria, iniciando a desnacionalização da economia brasileira.
Atualmente, com a Lavajato, o império anglo-americano faz demolir as empresas nacionais que sobreviveram à inviabilização, pela política econômica, de atividades de elevado valor agregado.
[…] a desestabilização do PT decorre de coisas como estas:
1) dos ganhos que os mentores do golpe pretendem auferir, atribuindo só à mais recente administração desgraças que decorrem principalmente de deformações estruturais gestadas ao longo dos últimos 62 anos;
2) ter feito investimentos em áreas estratégicas, como petróleo, defesa, apoiado empresas brasileiras em obras e no exterior e se aproximado dos BRICS.
Fazendo justiça a Lula, no primeiro mandato, tomou medidas favoráveis à economia e deteve temporariamente a destruição da Petrobrás, encetada por FHC, desde a Lei 9.478/1997 e a infiltração de agentes de interesses externos na ANP e na estatal.
Lula chegou a pôr em posições executivas da Petrobrás, técnicos, como Guilherme Estrella e Ildo Sauer, que dirigiram as descobertas das grandiosas reservas do pré-sal, além de ter conseguido aprovar a Lei que instituiu regime especial para a exploração dessas reservas.
Mas a qualidade das administrações da Petrobrás voltou a deteriorar-se com Dilma, com Graça Foster e muito mais com o atual Bendine, que só parece pensar em liquidar a empresa.
Então, é desastrosa a atuação da presidente Dilma, em áreas cruciais como o petróleo e a eletricidade, em manteve o sistema de caos programado, instituído por FHC, e acabou tornando a Eletrobrás praticamente falida? Sim.
Entretanto, constatar esses fracassos não leva a concluir que a devastação do patrimônio do País não será ainda mais incrementada, se o Executivo for assumido por qualquer dos opositores.
Em seu último artigo publicado em 05 de abril, “Antecedentes da Enganação”, Adriano termina com uma nota sobre a votação ocorrida na câmara no processo de Impeachment contra a presidente Dilma Roussef:
“O que mais impressionou, afora a ignorância de tantos representantes da prostituição política reinante, foi o cinismo: enrolados na bandeira pátria, gritando “Viva o Brasil!”, enquanto aceleram a demolição do pouco que falta para completar a alienação da soberania nacional, operada de 1954 até hoje… O império anglo-americano vale-se de irrecuperável regime político, formado e controlado por ele, e colhe mais frutos dos investimentos em ignorância e corrupção que realiza, há mais de 70 anos, no País.” – Adriano Benyaon.
Lembrando que nós, membros, alunos e mestres da escola de Lúcifer, não apoiamos o Imperialismo Brasileiro sionista judaico provido pelo dólar e nosso objetivo em mostrar esses apontamentos de Adriano Benayon é mostrar que não há nesta situação atual um bem maior contra um mal maior. E absolutamente não apoiamos o Imperialismo Tupiniquim provido aqui dentro do Brasil só porque ele está contra o Imperialismo Judaico.
Nós, Luciferianos, em meio a briga do Imperialismo Tupiniquim contra o Imperialismo Yankee judaico pela nossa dominação, não temos nada a ganhar votando em candidato A ou candidato B. Somos como os alemães durante a ocupação no final da Segunda Guerra Mundial, tendo que escolher entre Estados Unidos ou União Soviética. 

A cada desdobramento do teatro tido como realidade, ficarão cada vez mais claras as intenções reais desta falsa polaridade e cada vez mais as pessoas terão a sensação de coerência em tudo que nosso portal vem tentando mostrar sob todas as perspectivas de realidade e possibilidades de unificação dos pontos dispersos pela manipulação.
Quando a ficha cair, estaremos aqui, de braços abertos, como estamos exatamente neste momento, mostrando materiais que apenas relatam fatos e farão com que aos poucos a verdade absoluta liberte quem estiver aberto a enxergá-la.

Luz pra nós!

Compartilhe a Verdade:


6
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




5 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Admin bar avatarJoão PedroAriel dos SantosJ. O.Josimar Lima Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Josimar Lima
Editor

Cada dia a luz se intensifica aqui daqui pra la pra q todos conheçam a verdade!
Obrigado irmão.

Juan
Editor

Não existem santos nesse processo, porém n é culpa de apenas um partido como tentam mostrar. Eu já acreditei nisso.

No futuro saberemos quem estava por nós e quem estavam com os traidores, vulgos putinhas dos judeus.

João Pedro
Membro

Os chefes do executivo são realmente umas meretrizes judias, abrem as pernas pra quem paagar mais…

Ariel dos Santos
Membro
Ariel dos Santos

Nunca votei no PT e etc, mas aquele show de horrores no impeachment da Dilma foi triste, devia ter caído uma bomba la naquele negocio, aqueles políticos são todos putas, vão com que pagar melhor,e enrolados na bandeira do Brasil, que nojo, só de lembrar daquelas cenas

João Pedro
Membro

Foi desde essa época que estava realmente despertando para realidade política no Brasil: uma farsa total!

Admin bar avatar
Membro
Henrique Barboza Vaz

Luz pra nós!