ter. set 17th, 2019

O que são os Chakras

Compartilhe a Verdade:


Salve família EDL e visitantes!

Bob sempre fala sobre os chakras nos vídeos, nos podcasts, tendo inclusive explicado sobre eles no livro “Lúcifer- Onde a Verdade é a Lei”. Apesar do tema ser vastamente utilizado hoje em dia em meios espiritualistas, algumas pessoas ainda não desdobraram sobre o que são exatamente os chakras ou como funcionam. Vamos explorar um pouco mais sobre eles nesta matéria para que possamos fluir melhor nos desdobramentos, atualizando nossos pacotes de informações.

Muitas informações aqui apresentadas são apenas detalhes que talvez não encontremos qualquer utilidade prática, no entanto, é fascinante constatar as inúmeras relações existentes entre os 7 chakras principais com as 7 cores do arco-íris, com algumas das notas musicais, com os nossos sentidos, elementos da natureza e muito mais!.. Espero que apreciem a leitura, unindo o útil ao agradável, interagindo no site.

Iniciamos com trechos de nossa Bíblia “Lúcifer – Onde a Verdade é a Lei” de nosso Mestre-Rei!:

[…No entanto, o que está de fato em torno de você agora mesmo senão apenas giros de luz na escuridão chamados átomos?
Só existe estes movimentos inevitáveis, o resto é interpretação da consciência. Organizar estas interpretações em harmonia, em equilíbrio, diferencia uma vida feliz de uma triste.
Entretanto, ainda que em desarmonia, inevitavelmente a consciência estará baseada no padrão sagrado como vimos, e dor após dor, buscará e encontrará a luz que ela mesmo é, ou seja, o desenho harmônico eterno e imutável; inerente à percepção da Coerência. – A felicidade.
Isso manterá sempre o ‘norte’ da tríade, o campo magnético – energia.
Veja que o processo único da Luz, para ser auto-suficiente sem depender de perspectiva espacial ou temporal ‘externa’, é sempre canalizada neste formato do Torus. Nós somos luz, nosso corpo possui o mesmo processo, e o centro desse circuito chamamos de Chakras.
O planeta também é luz, tudo é ‘átomo’, energia… Veja que o Torus faz os polos da Terra serem ‘penetráveis’, pois onde seria o norte do norte? O giro acontece tanto de maneira ‘vertical’ (para dentro) quanto ‘horizontal’, dependendo da perspectiva do observador. É o giro que mantém o centro. (Repare que não importa se o giro for traduzido vertical ou horizontalmente, o centro permanece imutável.) Se olharmos de maneira linear (Terra Planistas) veremos os polos como ‘ultrapassáveis’.
O único ‘fato real’ é a "saída” de nosso ‘Reino Magnético’ com nosso Sol, Lua, etc.e entrada em "outro”(gerado em perspectiva ao nosso 12). A consciência retraduzirá o "novo”(único) 12 na "escuridão”, diante de seu padrão, e verá "outro mundo”...] (pág. 301).

[…7 Chakras representam as 7 perspectivas de tradução da luz para a Consciência criativa. – Estão sob os pontos da Cabala na Geometria, com exceção do laríngeo (julgamento – misericórdia) que é relativo, como podem ver abaixo.– Os Chakras são:

Básico-vermelho (três dedos acima do órgão): Criativo
Umbilical-laranja (sobre o umbigo): Digestivo
Plexo Solar-amarelo (no centro do peito): Emocional
Laríngeo-verde (sobre a garganta): Comunicativo (relativo azul-lógico)
Frontal-azul (testa): Tradutor/transmissor
Coronário-violeta (cabeça): Captador/transmutador
Das mãos-prata: Transmissor e sensor das demais.

Note que algumas tradições posicionam as 7 cores incluindo índigo (relativo de azul e violeta) e assim o verde vai mais abaixo. Como explicaremos no decorrer desta obra, o índigo é ferramenta na transmutação do ultravioleta em prata.
Este posicionamento, no entanto, não é errado, pois Laríngeo é o 4 que absorve a forma, verde como
transmutador natural vindo do amarelo emocional abaixo; mas como comunicador, fica azul olhando da tradução lógica acima, dessa maneira, o Frontal ficará índigo em perspectiva (tradutor do captador violeta.)
Juntos são nosso Momento Septa – consciência autônoma. Ao organizá-los obtém-se domínio do universo interno; ou reflexo singular do todo. Pode-se vê-los pelas 7 cores da Aura.
As cores que enxergamos na aura são parte da essência básica das consciências. 7 Frequências que estão em tudo e resultam em todas as demais. As vemos como 7 cores, ouvimos como 7 notas, tocamos como 7 formas. Podem ser vistas ao redor do corpo (Aura externa) e no interior, sobre os órgãos (Aura interna).

Para a Aura, as cores em evidência nítida são:

Azul: Estabilidade.
Vermelha: Poder de magia na externa, doença na interna.
Verde: Cura. – Poder de cura ou momento de cura própria.
Dourado: Espiritualidade, ponderação, mediunidade.
Lilás: Bens, glória, conquista.
Violeta: Mudança, adaptação, evolução.
Prata: Soma todos os demais aspectos, puxando mais para aquele que a consciência permitir. Esta cor domina a aura da maior parte dos Luciferianos.

Obs: Na aura vemos o lilás como fração significativa do violeta, enquanto nos Chakras compartilham a mesma região. Por outro lado, vemos laranja se destacar do vermelho nos Chakras, enquanto na aura vai no máximo para Dourado. Tal como no prisma ou arco-íris, as cores vibram em ressonância. O azul, índigo e ciano se confundem, tal como magenta, lilás e violeta, ou vermelho, laranja e amarelo. A intensidade altera a vibração e o observador perceberá, podendo então traduzir. (Veremos o porque disso nas cores primárias algumas páginas a seguir.)…]     

“Lúcifer – Onde a Verdade é a Lei (pág.326~327)” -Bob Navarro. 

Adquira o livro para ler a continuação do texto. O livro segue com alguns exercícios para visualização de aura e chakras. Quem leu um pouco sabe o quão magnífico é essa obra em sua totalidade. De fato, não há comparação entre as explicações de Bob e tudo o que há aí afora.

Sem mais delongas, segue a matéria com mais informações e curiosidades colhidas de outras fontes:

 

CHAKRAS

 

Sinonímia: Chacras, Vórtices, Centros Vitais, Centros Energéticos, Canais Energéticos, Centros de Força, Discos Energéticos, Cones Energéticos, Padmas, Transdutores de Energias, etc.

Origem: A palavra chakra vem do sânscrito e significa roda, disco, centro, plexo. Nesta forma eles são percebidos por videntes como vórtices (redemoinhos) de energia vital, espirais girando em alta velocidade, vibrando em pontos vitais de nosso corpo. Os chakras são pontos de intersecção entre vários planos e através deles nosso corpo etérico se manifesta mais intensamente no corpo físico.

São centros energéticos existente no corpo etérico de um ser vivo, esses centros transportam e manipulam correntes eletromagnéticas ou etéricas (energia vital – Prana) que se manifestam por meio no plano etérico.
Chakras são, segundo a filosofia yoga, canais (nadis) que existem dentro do corpo humano por onde circula a energia vital (prana) que nutre órgãos e sistemas.

Natureza: Os chakras são de natureza etérica, mas existem os chakras astrais e os chakras do corpo Mental.
A natureza ambiental no qual os chakras se manifestam, deve ser plenamente entendida, é preciso entender que o homem é um complexo de processos indispensáveis que atuam um sobre o outro. Nenhuma experiência física deixa de ser acompanhada por uma reação emocional, por uma interpretação mental.

Etérico: Cada partícula física possui em contrapartida uma partícula etérica, daí a expressão “duplo etérico”.
Essa partícula etérica possui 4 camadas, desde a mais densa interpenetrada no corpo físico até 1 cm aproximadamente, até a mais afastada de natureza mais sutil, próxima a astral.

O etérico é de natureza material, e está mais próximo a matéria física. Por isso com treino pode ser percebido pela visão física. O homem se expressa na vida física através de um tríplice mecanismo: O etérico (vital), o astral (emocional) e o Mental.

 

 

A função mais importante do corpo etérico é a transferência de energia vital ou de vitalidade do campo universal para o campo individual (macro para o micro).
O etérico também atua como um elo de ligação entre o plano físico com o plano astral e o plano mental.

 

Utilidade dos Chakras:

Os chakras são centros, órgão suprafísicos, através dos quais as energias dos diferentes campos são sincronizados e distribuídos ao corpo físico. Os Chacras são vórtices como se fosse um redemoinho um ciclone em miniatura que faz circular as energias numa determinada vibração. Temos no corpo humano mais de 88.000 chakras, porém temos uma ordem em importância, tais como as Metrópoles, cidades grandes, cidades pequenas e vilas.
Nesta ordem temos 7 chakras Magnos, 21 chakras grandes e demais se dividem em médios e pequenos. Os chakras magnos estão situados nos plexos (rede ou interconexão de nervos, vasos sanguíneos ou vasos linfáticos).
Cada um dos veículos (corpo etérico, corpo astral e corpo mental) possui chakras. Na literatura indiana os chakras também são chamados de Lótus pela sua forma que lembra uma flor com pétalas.

Fonte: http://www.espiritualismo.hostmach.com.br/chacras1.htm


Muladhara Chakra

Esse primeiro chakra tem quatro pétalas e é visualizado na cor vermelha.

 

Chakra Básico (Raiz) – Basico chakra
Significado do Nome: Estrutura da base, fecundação.
Nome em Português: Chakra Básico – Rádico.

 

 

Localização: Região do períneo. Localizado nos órgãos genitais e na pélvis, relacionado com as gônadas (glândulas sexuais), governa o sistema reprodutor. Este chakra anima a substância do corpo físico, o poder e o instinto de sobrevivência. É a ligação com a terra. Concentra as energias da Kundaliní, que uma vez despertadas progridem coluna acima, seguindo um padrão geométrico similar ao padrão apresentado na dupla hélice das moléculas de DNA que contém o código da vida.
Aspectos a serem compreendidos: Sobrevivência, alimento, conhecimento, auto-realização, valores (segurança financeira), sexo (procriação), longevidade e prazer.

Influências:
Desequilíbrio no Físico: Anemias, resfriados, sexualidade reprimida ou excessiva, frigidez, impotência, insuficiência renal, fadiga, dores nas articulações, dores lombares e nas pernas, pressão alta ou baixa, problemas de coluna, osteoporose, falta de energia, prisão de ventre, diarréia, colite, apendicite etc.

Emocional equilibrado: Impulso para agir, consciência instintiva básica, força, agressividade controlada, coragem, afeição, criatividade, generosidade, capacidade de sentir prazer, pessoa sensata, segura e estável, habilidade em prover o necessário para vida e capacidade de cuidar de si.

Emocional desequilibrado: Egocentrismo, agressividade, preocupação, inexatidão, indolência, extravagância, não permite o prazer, pessoa sem vida, desanimada, confusão de interesses, insatisfação, medo, timidez, insegurança, histeria, paixões fortes, aspereza, dificuldade em lidar com finanças, medo de arriscar-se, apego material, tabus sexuais.

Forma geométrica: quadrado, possuindo grande relação ao conhecimento ligado à terra, às quatro dimensões e às quatro direções.

Sentido: Olfato

Óleos Essenciais e Fragâncias: mirra, vetiver, patchouly, clematis, alecrim, gerânio, ylang-ylang, mirra, incenso, patchouli, sândalo.

Mineral: Chumbo

Planetas: Saturno e Terra

Frequência Sonora: 384 Hz

Nota Musical: Sol

Elemento (tattwa): Terra

Fase da vida: Desde a união do espermatozóide com o óvulo, até 7 ou 8 anos. A criança deve aprender a enraizar-se estabelecendo-se nas leis de seu mundo e aprendendo a regular sua vontades de comer e de beber, a fim de criar um comportamento adaptado a sua identidade terrestre.
Pessoas vivendo motivadas pelo chakra básico tem um comportamento violento ligado à insegurança e chegam a dormir 10 a 12 horas sobre o estômago. São normalmente materialistas e pragmáticas.

Funções: Um indivíduo dominado pelo chakra Muladhara geralmente dorme de dez a doze horas por noite, sobre o estômago. Este chakra Muladhara incluí os planos da origem, ilusão, ira, avidez, desilusão, avareza e sensualidade. Estes aspectos do primeiro chakra são inerentes à existência humana. O desejo de mais experiência e mais informação age como força motivadora, um ímpeto básico para o desenvolvimento individual.

O chakra Muladhara é o local da Kundalini enroscada, da Shakti vital, ou força energética. A serpente Kundalini está enroscada em torno do Lingam Svayambhu. É o chakra onde nasce e reside a energia kundalini que se movimenta em espiral, pelas nadis, rios internos conhecidos por Ida e Píngala que distribuem por todo o corpo energia e o impulso de vida. É também o centro erótico do Ser.

Nadi Ida: canal esquerdo transportador das correntes lunares, natureza feminina visual e emocional, produção de vida, energia materna, respiração esquerda que proporciona estabilidade para a vida. A narina esquerda é aberta durante o dia, equilibra a energia solar criando um equilíbrio para si, tornando-nos mais relaxados e mais alertas mentalmente.

Nadi Píngala: canal direito transporta correntes solares, natureza masculina, depósito de energia destrutiva, também purificador, a narina do lado direito é de natureza elétrica masculina, verbal e racional. Torna o corpo físico mais dinâmico, (eficiente e ativo durante horas noturnas, aumentando a saúde). Quando um casal tem um orgasmo sexual, sem repressão e com consciência; em algumas vezes, elevam a kundalini, nutrindo todos os chakras através de Sushumna, Ida e Píngala.

Cores Básicas: Vermelho (varia para roxo ou vinho).

Bija-mantra: “LAM”. É o Responsável pela absorção de energia da terra (energia telúrica, geoenergia, kundalini). Não é aconselhado por alguns autores o desenvolvimento desse chakra. Ilusão,cólera, avareza, desejo, sensualidade, territorialidade, instinto de sobrevivência desequilibrado, possessividade, temor e preocupação excessiva com o próprio corpo são algum dos desequilíbrios ligados a esse chakra.

 

Swadhishtana Chakra

O segundo chakra possui seis raios (pétalas) revelando as cores roxo, azul, verde, amarelo, alaranjado, vermelho-forte e rosa.

 

Chakra do Baço ou Esplênico – Chakra Sexual 
Significado do Nome: Lugar-Morada do Ser ou o “Fundamento de si próprio”.
Nome em português: Chakra Esplênico.

 

 

 

Localização: Localizado na lombar e abaixo do umbigo, está relacionado com as glândulas supra-renais, regendo a coluna vertebral e os rins. Rege os rins, sistema reprodutor, circulatório e bexiga. As energias como a paixão, sensualidade e a criatividade são manifestadas através deste chakra.

Algumas vertentes espiritualistas consideram como o segundo chakra, o sacro, localizado dois dedos abaixo do umbigo.

Aspectos a serem compreendidos: Poder de seduzir criatividade e relacionamento.

Influências:
Desequilíbrio no Físico: desarmonia dos rins, fígado, pâncreas, vesícula e bexiga. Alergias alimentares, problemas menstruais, distúrbios gástricos e intestinais, perda da vitalidade, dores lombares, no sacro e cóccix.

Emocional Equilibrado: União sexual prazerosa, alegria instintiva, capacidade de planejamento, coragem de viver, paixão, habilidade em relacionar-se, jogo de cintura, flexibilidade, auto-aceitação e paixão pela vida.

Emocional Desequilibrado: Medo, incapacidade de construir, distração, raiva, ódio, inveja, insegurança, falta de paixão, tristeza, manipulação e apego, dependência emocional, vícios e auto-destruição.

Forma Geométrica: Círculo. Representa a forma crescente da lua.

Cor: Laranja – tonifica; é uma cor acolhedora e estimula a alegria. É uma cor social que traz otimismo, expansividade e equilíbrio emocional. Traz confiança e automotivação. Azul ou verde para sedar.

Alimentos que estimulam o chakra: Abóbora, cenoura, milho, laranja, manga, caqui.

Cores Básicas: Laranja, Vermelho.

Sentido: Paladar

Gema: Cornalina, pedra da lua, calcita laranja, opala de fogo.

Óleos Essenciais e Fragâncias: sândalo, cardamomo, gengibre, frutas cítricas, flor de laranjeira, lemongrass, rosa, jasmim, hibisco.

Metal: Estanho

Planeta: Lua

Frequência Sonora: 432 Hz

Nota Musical: Lá – A

Corpo Sutil: Corpo Emocional

Elemento (tattwa): Água

Fase da vida: de 8 à 14 anos a criança está motivada pelo segundo chakra, dormirá entre oito a dez horas em posição fetal. Já adaptada ao mundo físico (função do primeiro chakra) a criança começa a sair do círculo familiar e a fazer amizades.

Funções: Energia de criatividade e impulso emocional; é o centro da procriação, manifesta-se sexualmente, mas sob o aspecto de sensação e prazer; fantasias e desejos sexuais. É representado por uma lua crescente. Neste chakra inicia-se a expansão da personalidade. Centro da purificação.

Bija-mantra: “VAM”. Responsável pela irrigação energética dos órgãos sexuais. Desenvolvido estimula o funcionamento dos outros chakras. Desdém, abandono, indulgência excessiva, desconfiança, medo, indiferença e sensualidade são alguns dos desequilíbrios ligados a esse chakra.

 

Manipura Chakra

Possui dez raios ou pétalas que variam do vermelho ao esverdeado.

 

Chakra Umbilical ou Plexo Solar Umbilicochakra
Significado do nome: Cidade das Gemas ou Cidade das pedras preciosas.
Nome e português: Chakra Plexo Solar.

 

 

 

Localização: Localizado um pouco acima do umbigo. Rege o pâncreas. A área de influência deste chakra é o sistema digestivo: estômago, fígado e a vesícula biliar, além do sistema nervoso.

Aspetos a serem compreendidos: Escolhas do que você quer. Individualidade e poder pessoal (como você se vê), sua identidade no mundo.

Influências:
Desequilíbrio no Físico: Má digestão, diabetes, toxinas, úlceras e hérnias, gastrites e problemas de assimilação dos alimentos. Hipocondria, câncer no intestino e anorexia ou bulimia.

Emocional Equilibrado: Impulso para vivenciar as emoções, colocar-se expressando suas próprias qualidades, vontade de liderar, amor a vida, aptidão para experimentá-lo com plenitude, propósitos definidos de ações, intuição, ternura e boa vontade. Auto-estima, confiança e alegria.

Emocional Desequilibrado: Ansiedade, egoísmo, vaidade, ciúme, preconceitos, ira, timidez, intransigências, abuso de poder, impaciência, preocupação. Não sabe dizer não. Desconfiança, arrogância e baixa auto-estima.

Forma Geométrica: Triângulo invertido, sugerindo o movimento descendente da energia.

Cor: Amarelo dourado para tonificar.

Cores Básicas: Verde, Vermelho, Amarelo.

Alimentos: Manteiga, gema do ovo, cenoura, batata doce, abóbora, banana, abacaxi, melão, pêssego, limão.

Gemas: Citrino, topázio, cornalina amarela.

Sentido: Visão

Óleos Essenciais e Fragâncias: limão, lima (citronela)

Metal: Ferro

Planetas: Marte

Frequência Sonora: 488 Hz

Nota Musical: Si – B

Corpo Sutil: Corpo mental

Elemento (tattwa): Fogo. Auxilia a digestão e a absorção do alimento fornecendo a energia vital.

Fase da Vida: De 14 à 21 anos.

Funções: Centro de força abdominal, responsável pela energização do sistema digestivo. É considerado o chacra das emoções inferiores.

Bija-mantra: “RAM” (lê-se o “R” como em “vidro”). O principal ponto de concentração durante a produção deste som é o umbigo. Traz longevidade. Responsável pela irrigação energética do sistema digestório. Desenvolvido, facilita a percepção de energias ambientais. Raiva, irritabilidade, fascinação, ódio, medo, timidez, crueldade, inveja, ciúme, apego cego, melancolia, letargia e ânsia de poder são alguns dos desequilíbrios ligados a este chakra.

 

Anahata Chakra

Apresenta-se com 12 raios ou pétalas de um amarelo brilhante.

 

Chakra do Coração – Cardiochakra
Significado do nome: “Intocado” ou “O Som não produzido” (batidas do coração).
Nome em português: Chakra Cardíaco.

 

 

 

Localização: Situa-se na região do tórax e está conectado com a glândula timo, responsável pelo funcionamento do sistema imunológico. É o chakra do coração, centro energético do amor.

A elevação das energias do chakra do plexo solar até o coração acontece em indivíduos que estão desenvolvendo a capacidade de pensar e atuar em termos de coletividade. As doenças do coração, sistema circulatório e sangue podem ser tratadas através deste chakra.

Aspectos a ser Compreendidos: amor incondicional, compaixão, perdão, verdade e gratidão.

Influências:
Desequilíbrio no Físico: Doenças cardíacas, distúrbios de pressão, problemas pulmonares e bronquites. Sistema imunológico ineficiente e dor de cabeça.

Emocional Equilibrado: Amor próprio e pela humanidade, verdadeira compreensão da compaixão e benevolência, aceitação, bondade, disponibilidade para o perdão, ajuda ao próximo, sabedoria, conscientização do outro, assentamento na estrutura terrena, dá consistência e vitalidade as aspirações amorosas, pacificação, fé na vida e nas pessoas.

Emocional Desequilibrado: Depressão, angústia, desprezo, raiva e medo, apego ao apego, incapacidade de amar e se emocionar. Coração fechado, apego e depressão.

Forma Geométrica: Hexagrama – dois triângulos sobrepostos, um voltado para cima, simboliza Shiva, o princípio masculino. O outro triângulo, voltado para baixo, simboliza Shakti, o princípio feminino. Atinge-se o equilíbrio quando estas duas forças estão unidas em harmonia.

Cor: Rosa – amor incondicional / Verde é dilatador de veias, artérias e músculos, usado para pressão alta, cateterismo. É relaxante do sistema nervoso, principalmente simpático e muscular, auxiliando nos casos de esgotamento, irritação e insônia; regula a pressão arterial, o sistema circulatório e estimula a glândula pituitária, normalizando a função das demais glândulas. Auxilia nos casos de febre, quando não se sabe a causa da infecção. Cria espaço no coração como o frescor da primavera, fazendo sentir-se renovado. Violeta e magenta (falta de energia) para tonificar.

Cores Básicas: Dourado, Verde, Rosa.

Alimentos que estimulam o chakra: Frutas e verduras verdes (abacate, kiwi, maçã verde, uva, agrião, alface, escarola, brócolis).

Gema: Quartzo rosa, pirita, esmeralda.

Sentido: Tato

Óleos Essenciais e Fragâncias: pinho, bergamota, melissa (erva cidreira), holly, papoula, rosa, eucalipto, lemongrass, jasmim

Metal: Cobre

Planeta: Vénus

Frequência Sonora: 512 Hz

Nota Musical: Dó – C

Corpo Sutil: Corpo astral

Elemento (tattwa): Ar – Auxilia o funcionamento dos pulmões e do coração. A estrela de seis pontas simboliza o elemento ar.

Fases da vida: 21 a 28 anos.

Funções: Intermedia os chakras superiores e inferiores; impulso de se abraçar a sua Verdade, ao Amor; reequilíbrio; altruísmo, compaixão. Este chakra se expande em todas as direções e dimensões, como uma estrela de seis pontas.

Bija-mantra: “YAM”. A concentração deverá estar centralizada no coração, desfazendo qualquer bloqueio na região cardíaca, proporcionando controle sobre a respiração.

 

Vishuddha Chakra

O chakra da garganta possui dezesseis raios nas cores azul-claro, turquesa, lilás e prateado brilhante.

 

Chakra Laríngeo – Laringochakra
Significado do nome: Puro ou “Centro da Pureza”.
Nome em português: Chakra Laríngeo.

 

 

Localização: Localizado sobre a garganta, se comunica com a glândula tireóide. Está ligado à inspiração, a comunicação e a expressão com o mundo.

Aspectos a serem Compreendidos: Comunicação interna e externa – esclarecimento que conduz ao estado de consciência.

Influências:
Desequilíbrio no Físico: Laringite, faringite, problemas de tiróide e paratireóide, doenças mentais, distúrbios da fala, gagueira e surdez.

Emocional Equilibrado: Sensibilidade, criatividade artística, dom da palavra e do conhecimento, clariaudiência, intelecto claro, independência, idealização, senso de planejamento, força de vontade, capacidade de tomar decisões.

Emocional Desequilibrado: Fobias, covardia, falta de criatividade, mentalidade e expressão tacanha, rude e pobreza de espírito, criticismo, preconceitos, atitudes extremamente racionais, pessoa que reclama o tempo todo, agressividade verbal e apego a crenças limitantes.

Forma Geométrica: Lua crescente.

Cor: Azul – atua como tranquilizante na aura. É calmante do sistema nervoso, e equilibrador nos casos de obsessão.

Cores Básicas: Azul-Celeste, Lilás, Amarelo.
Alimentos que estimulam o chakra: Ameixa preta, uva passa, amoras, peixes, aspargos, batatas.

Gemas: Safira azul, lápis lazuli, sodalita, azulita, ágata marinha, turquesa e calcita azul.

Sentido: Audição

Frequência Sonora: 384 Hz

Nota musical: Sol

Óleos Essenciais e Fragâncias: lavanda, camomila, gerânio, citronela, eucalipto

Metal: Mercúrio

Planeta: Mercúrio

Frequência Sonora: 576 Hz

Nota Musical: Ré – D

Corpo Sutil:  Corpo etérico

Elemento: Ar (éter), mas num sentido mais sutil, associado ao som.

Fases da vida: 28 a 35 anos. A pessoa motivada por este chakra dorme em torno de seis horas, mudando de lado.

Funções: Auto conhecimento; felicidade, capacidade humana de planejamento; O indivíduo se eleva e se purifica de todos os carmas; morre-se para o passado e nasce-se novamente para a realização da unidade.

Bija-mantra: “HAM” (lê-se o “H” como em help). Representa o som do corpo. Este som puro afeta o ouvinte, alterando os espaços de sua mente e de seu ser.  Responsável pela irrigação energética da boca, garganta e órgãos respiratórios. Serve de bloqueio para que as energias emocionais não cheguem ao chacras frontal e coronário. Desenvolvido facilita a psicofonia e a comunicação em vários níveis. Tristeza, desrespeito, descontentamento, lamento são alguns dos desequilíbrios ligados a esse chakra.

 

Ajna Chakra

O chakra frontal possui 96 raios. Também é descrito como tendo duas pétalas, uma branca e uma negra, representando as duas asas do caduceu, o bastão de Hermes, o atributo do terapeuta. As cores observadas são rosa e amarelo de um lado e azul e roxo do outro.

 

Chakra Frontal – Frontochacra
Significado do nome: Autoridade, poder, comando intuitivo.
Nome em português: Chakra do 3º olho ou frontal.

 

 

Localização: Localizado entre as sobrancelhas, se relaciona com a glândula pituitária.

Aspectos a serem Compreendidos: Intuição (fenômenos paranormais) e a consciência. Capacidade de se observar sem julgamento.

Influências:
Desequilíbrio no Físico: Rinites, problemas de ouvido, de olhos, surdez, tontura, enxaqueca. Cansaço e confusão mental.

Emocional Equilibrado: Percepção em relação ao universo que o cerca, entendimento do próprio caminho, percepção, intuição, fé e devoção, carisma, magnetismo, força, sabedoria, capacidade de concentrar-se e foco no objetivo.

Emocional Desequilibrado: Desconcentração, dogmatismo, vê a vida com limitação, arrogância, medo, perda da fé e sedução, delírios, egoísmo, obsessão, teimosia e apego a crenças impostas pela sociedade.

Forma Geométrica: Círculo (Bindu).

Cor: Dourado para concentração, falta de memória. Violeta é tranqüilizante e calmante. Clareia e limpa a corrente psíquica do corpo e mente, afastando problemas de obsessão mental e psicose.

Cores Básicas: Índigo, Amarelo, Verde, Branco Fluorescente.

Alimentos que estimulam o chakra: Berinjela, beterraba, ameixa preta.

Gemas: Cristais brancos, ametista, sodalita e lápis lazuli.

Sentido: Intuição

Óleos Essenciais e Fragâncias: patchouli, incenso, salsa, alecrim, lavanda, hortelã, suage, suage muscat.

Metal: Prata

Planetas: Júpiter

Frequência Sonora: 648 Hz

Nota Musical: Mi – E

Corpo Sutil: Corpo búdico

Elemento (tattwa): Presença de todos os cinco elementos, com três Gunas que são Manas (mente), Buddhi (intelecto), Ahamkara e Chitta (o ato de ser – o ser).

Fases da vida: 35 a 42 anos.

Funções: Austeridade; intuição; vidência; serenidade; pureza.
É o chakra sede das Faculdades do Conhecimento: Buddhi (conhecimento intuicional), Ahamkara (eu), Indriyas (sentidos) e Manas (a mente). É representado por um triângulo branco simbolizando a yoni e no meio um lingam (órgão masculino). No centro do chakra está o yantra do som (cristal) OM, o melhor objeto de meditação.

Meditando nesse centro o praticante “vê a luz”; como uma chama incandescente. Fulgurante como o Sol matutino claramente brilhante, reluz entre o “céu e a terra”- Satchakra Nirupana.

Glândula: hipófise (pituitária); Nas representações indianas, no centro do lótus aparece um triângulo invertido vermelho, simbolizando a yoni (aspecto feminino) e no meio do triângulo, um lingam branco (aspecto masculino). Rodeando o chakra, duas pétalas luminosas representando os dois hemisférios cerebrais.

Bija-mantra: “OM”. É o responsável pela irrigação energética dos olhos. Desenvolvido, facilita a clarividência e a intuição. (ás vezes palpita como um coração). Intelectualismo excessivo, manipulação de pessoas, questionamento excessivo são alguns dos desequilíbrios ligados a esse chakra.

 

Sahashara Chakra

No topo da cabeça, possui 960 raios, com uma flor central de 12 pétalas de cores variadas.

 

Chakra Coronário – Coronochacra
Significado do nome: O Lótus das Mil Pétalas.
Nome em português: Chakra Coronário

 

 

 

Localização: Localizado no topo da cabeça. E o portal da espiritualidade, do reconhecimento de Deus/Deusa em nós e no outro.

Aspectos a serem Compreendidos: Iluminação.

Forma Geométrica: Círculo como a lua cheia.

Cor: Magenta e arco-íris.

Cores Básicas: Violeta, Branco Fluorescente, Dourado.

Sentido: Empatia

Gemas: Ametista, quartzo branco, pirita.

Óleos Essenciais e Fragâncias: frankincense, lótus, sândalo, mirra, jasmim, lavanda, flor de laranjeira, angélica, tulipa estrela, erva de São Jõao.

Metal: Ouro

Planeta: Urano

Frequência Sonora: 728 Hz

Nota Musical: Fá Sustenido – F#

Corpo Sutil: Corpo causal

Elemento: Todos os elementos, inclusive o éter, em suas forças mais sutis.

Funções: Iluminação; espiritualidade plena; transcendência; manifestação do Divino. Segundo o Satchakra Nirupana: “O Lótus das mil pétalas é a mais brilhante e mais branca que a lua cheia, tem a sua cabeça apontada para baixo. Ele encanta. Seus filamentos estão coloridos pelas nuanças do sol jovem. Seu corpo é luminoso, é aqui o objetivo final de Kundalini após ativar os outros chakras. O indivíduo que atinge a consciência do sétimo chakra realiza os planos da irradiação (torna-se iluminado como o sol), das vibrações primordiais, da supremacia sobre o prana, do intelecto positivo, da felicidade, da indolência”.

Glândula: ligado à glândula pineal (epífise)

Bija-mantra: Silêncio. Este chakra não possui Bija-Mantra pois ele transcende a palavra e a expressão. É o responsável pela irrigação energética do cérebro e pelo controle de todos os outros chakras. Desenvolvido facilita a telepatia, a mediunidade, expande a consciência. Não tem desequilíbrios.

 

Chakras grandes

Chakra Umeral

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fica nas costas, na altura da omoplata esquerda (entre e sobre o pulmão esquerdo.É o chakra espiritual, pois através dele que as energias se conectam. É o chakra mediúnico e de proteção, porque equilibra as energias positivas e negativas em excesso. É um gerenciador energético. É através dele que recebemos, em primeiro lugar, todos os contatos espirituais. É composto de 02 hélices ou pétalas que giram no sentido horário quando captam energias (incorporação) e no anti-horário quanto repelem energias (desincorporação). Tem coloração variável, mas o azul claro e o verde são predominantes. Oscila entre as outras matizes de acordo com a energia que está sendo captada.

 

Chakras das Mãos

Localizados na região central das palmas das mãos. Caracterizados por estarem numa região terminal do corpo, denotam ponto de entrada ou escape de energia. São os chakras de ativação mais fácil e seguro, sendo que sua ativação permite o desenvolvimento da capacidade de sentir energias sutis e também de sentir a aura. Manipulação energética. São pontos de entrada ou escape de energia.

 

Chakras dos Pés

Localizado nas solas dos pés, sua finalidade é descarregar energia elétrica (estática) gerada pelo corpo físico (Um dos pés a energia é aferente = Conduz de fora para dentro. No outro é eferente = Conduz de Dentro para fora), como também a absorção prânica. Aterramento. Relação com a Mãe Terra. Estabilidade em geral.

 

Chakra do Joelho

Atua como um transformador, regulando a quantidade de corrente que deve entrar no corpo. Aprendendo e ensinando. Flexibilidade em lidar com grandes quantidades de energia.

 

Os Chakras das Têmporas

A flexibilidade para mudar seu ponto de vista, a perspectiva de julgar algo.

 

Os Chakras do Bico do Peito

Nutrição/Responsabilidade – Posição: Bicos do Peito: Esses chakras organizam energias que são relacionadas com a nossa nutrição – em todos os níveis possíveis – e a nutrição das pessoas das quais gostamos. Também organiza a maneira com que lidamos com a responsabilidade.

 

Os Chakras Yin/Yang (ombros)

Posição: No centro de cada ombro. A energia é direcionada para o céu. No ombro direito fica o Chakra Yang. No ombro esquerdo fica o Chakra Yin. O Chakra Yang organiza o 1º, 3º e 5º chakras principais. O Chakra Yin organiza o 2º, 4º e 6º chakras principais. Os Chakras Yin/Yang trabalham com os respectivos chakras principais relacionados acima, de forma semelhante àquela com a qual o 7º chakra trabalha com todos os chakras principais.

 

Os Chakras dos Cotovelos

Delimitação e engajamento. Algumas habilidades de luta.

 

Os Chakras dos Tornozelos

A flexibilidade de ficar centrado durante mudanças na vida. Flexibilidade em como ganhar a vida.

 

O Pa Kua Superior

Organiza o fluxo de energia para o tórax, ombros, braços, pescoço e cabeça.

 

O Pa Kua Inferior

Organiza o fluxo de energia para as pernas, pélvis, espinha em geral e barriga.

 

Chakra do Timo e Alta Major

O chakra do timo é associado com a energia crística (situa-se entre o chakra cardíaco e o laríngeo); e o “alta major” é associado com a canalização (situa-se na parte de trás das nossas cabeças, abaixo da nossa região occipital).”

 

Chakra Void

“Cercando os chakras: umbilical e o plexo solar, está o Void que representa o princípio do mestre dentro de nós. Quando a Kundalini é despertada e passa através do Void, esse princípio do mestre é estabelecido:
“Assim, como diz Shri Mataji, na Sahaja Yoga, você se torna seu próprio guru. É capaz de se livrar de tudo que o escraviza, tornando-se o seu próprio mestre.”

 

Câmara Secreta do Coração

“Este é o Chakra Secreto ligado ao oitavo raio, ele tem oito pétalas, situa-se atrás do chakra do coração. Este é o lugar sagrado de Deus no homem, é aqui que se encontra o altar secreto do nosso Santo Cristo Pessoal. Neste altar podemos colocar tudo o que nos é mais sagrado como uma espada de luz ou um manto da invisibilidade.”

 

Chakra do Diafragma

Situa-se entre os chakras: cardíaco e plexo solar. Por estar relacionado ao plexo solar, está intimamente ligado às emoções, sendo assim, ele atua no equilíbrio das energias irradiadas e recebidas para os outros chakras. Fica no centro do peito, na linha dos mamilos e através dele podemos eliminar muito do lixo kármico que nos impede de atingir nossos objetivos.

Para concluir, recomendo esse vídeo (concordo com o título, tirando obviamente a parte do Big-Bang, por favor ignorem esse trecho)… Este vídeo tem um significado especial para mim porque estava no início da busca da espiritualidade.

 

Fonte: Edgar Martins – escolaflordavida.com.br
Ebook – A Era dos Cristais (7° Edição/2017-págs.258~285).  

 

IMPORTANTE!!

Seja Membro, afilie-se!

Saiba dar valor à todo esse conhecimento e à Verdade! Se não puder, ajude no merchs, na divulgação do Curso, traga Membros, interaja no site, compartilhe e comente nas matérias! Veja mais informações nos links a seguir:

Seja Membro!

Vejam na aba Cursos técnicas de mago trabalhando os Chakras. Adquira se puder, para ajudar Nosso Reino!

Matérias de Complemento:

Não acredita na Terceira Visão? Ative a tua agora! 

Cristais do Reino Mineral [#3] – V[#3]série de 11 episódios

~Luz p’ra nós!~ 

Compartilhe a Verdade:


23
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




13 Comment threads
10 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
Pedro SoraDaniela CristinaArthur LuigheLeandro Quantum Oliveira. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Admin bar avatar
Membro
Richard Maquiavel

Que aulão em mestra.
Post completíssimo.
Grato pelo compartilhamento.
Luz p’ra nós!

Raquel Broll
Membro

Copilado maravilhoso quase um e book, fundamental para nosso autoconhecimento, gratidão mestra !

Gabriel M. Oliveira
Membro
Gabriel M. Oliveira

Luz pra nós!

Thiago Galhas
Membro

Que post fantástico, irmã e mestra. Uma aula de chakras e de como fazer um post top! rs
Grato sempre!
Luz p’ra nós.

Elisângela Brown.
Membro
Elisângela Brown.

Muito boooom! Gratidão pela bela matéria! Luz p’ra nós!

Davi
Membro
Davi

Muito bom irmã, me ajudou e vai me ajudar bastante ainda, Luz pra nós

Michelly
Admin

Gratidão Mi, vou le tudo aqui! 💜

Reynaldo Mattar Neto (Buizão)
Membro

Belo post, esse é um tema muito importante e interessante, que vale a pena cada minuto de leitura. Dedicarei mais tempo para ler e reler o post, até entender por completo o assunto, muito importante por sinal.

Gratidão pela informação, pelo conteúdo, o post ficou muito bonito e completo, japoneses são mesmo dedicados ao que fazem, tanta informação profunda é de tirar o chapéu, parabéns, Mestra Miryam sempre enriquecendo o portal.

Luz p’ra nós.

Leandro Quantum Oliveira.
Admin

Uma matéria e tanto.
Luz p’ra nós 🍎

Arthur Luighe
Membro
Arthur Luighe

Muito foda, post muito completo.
LUZ P’RA NÓS 🍏

Daniela Cristina
Membro
Daniela Cristina

que matéria completa irmã, gratidão pelo compartilhamento… realmente desdobrou vários pacotes de informação! estou terminando aqui a leitura!!!! luz pra nós <3

Membro
Marina Rosa

Gratidão por esse post! Luz p’ra nós!

Pedro Sora
Editor

Uma otima matéria rica em conteudo
Luz p’ra nós