seg. dez 9th, 2019

O Observador, o Tempo e o Quântico

Compartilhe a Verdade:


Saudações a todos!

 

Hoje trago três poesias. A primeiro é curtinha; nela falo do estado meditativo, contemplativo… “o observador”, como o próprio título diz; nas duas seguintes, falo dos giros, do movimento da consciência, entre o tempo/binário, e o quântico.

Em meu último post, falei da importância do auto conhecimento, e sabemos que a meditação é uma ferramenta poderosa para tal. Há várias formas de meditar, é claro… obviamente não vou abordar os vários tipos de meditação, pois esse não é o objetivo, e sim, ressaltar a importância de praticarmos essa observação ou “auto observação” mais apurada, de modo que possamos nos constatar na terceira dimensão “abstrato, circular” que são os pulsos emocionais, desejos, sonhos e traumas, enfim… tudo o que se encontra nas camadas inferiores da consciência, ou “subconsciente”. Ao analisar esse nosso “corpo animal”, já nos encontramos na quarta dimensão, ou seja, “lógica, reta”, que consiste justamente na razão, que dá direcionamento à terceira, traduzindo as emoções, sensações, posicionando com o verbo, e nos possibilitando acessar a “coerência”. E dessa forma, sempre mantendo o movimento, podemos enfim acessar a quinta dimensão, o “quântico, atemporal”, podendo nos observar no tempo e espaço, ou seja, no “binário”, que são as duas dimensões anteriores, onde se encontra a obra/teatro. Como o mestre Bob diz: flutuar sobre elas. Dessa maneira, não nos prendendo à forma, ao corpo físico/animal, nem na lógica travada limitada, podemos obter o “alívio” que tanto desejamos, mantendo o fluxo, o movimento… esse é o “caminho do meio, de Buda”. Essa é a visão panorâmica, privilegiada, do observador, que trafega entre as dimensões, e assim pode “co-criar” a realidade.

Só pra dar um posicionamento exato.

Terceira dimensão: reino animal.

Quarta dimensão: reino humano.

Quinta dimensão: reino dévico.

Obs.: Na primeira poesia eu abordo a “frieza” do observador, mas devo ressaltar, que é claro, tal “desprendimento” se restringe a esse momento de contemplação. Jamais devemos perder o senso de justiça, e deixar de agir, quando necessário, para posicionar o caos em nome da mesma. Disso, nós veteranos da EDL sabemos bem, mas é sempre importante frisar, para os visitantes e principalmente, novos alunos… para que os mesmos compreendam definitivamente, que tudo é questão de “perspectiva” e portanto, depende do momento, pois a verdade se movimenta. Como o mestre Bob diz: “Até um relógio parado, consegue estar certo duas vezes ao dia”.

Gratidão.

Luz p’ra nós!


O Observador

O observador não se encanta,

embora perceba o encantamento.

A violência não o espanta,

nem se quer o mais sincero lamento.

Diante da beleza,

ele se mantém sereno.

Contemplando a natureza;

equilibrado, justo e pleno.


Além do 1 e do 2

Além do 1 e do 2, o 3.

No 13, a contagem se inicia outra vez.

Assim um novo reino é plasmado;

assim o quântico abocanha a perspectiva do binário.

Embora ambos coexistam,

como luz e escuro.

Mas o binário esbarra no muro,

enquanto o quântico o atravessa.

No quântico não há pressa,

pois no tempo, não tropeça.

Na quinta dimensão,

a gente se diverte à beça.

Mas embora seja eterno,

ainda assim é passageiro,

pois o paradoxo está presente

o “tempo” inteiro;

de janeiro a janeiro;

logo, a gente está preso ao calendário novamente.

Assim se mantém pra sempre,

passado,

futuro…

e presente.


Tic Tac

Do ponteiro do relógio,

minha vida é refém.

Doze horas de dia,

e de noite também.

Sempre me senti um condenado,

em busca de libertação.

Até descobrir que na verdade,

o que me salva é justamente essa prisão.

Há uma linha muito tênue,

entre liberdade e perdição.

Mas é inevitável o transbordar.

De repente, o tic tac

já não faz mais efeito,

e se torna plausível até voar;

pois a lógica se curva

para o abstrato se elevar.

Assim me expando às bases da criação.

Flutuando sobre as ilusões teatrais,

na magia real, da quinta dimensão.

Onde basta um pensamento,

e o desejo é plasmado;

o que fatalmente faz com que o caos,

cedo ou tarde,

seja novamente instaurado.

A disputa de criação

leva a esquizofrenia.

É nesse ponto que reprimo

toda a fantasia,

e mergulho outra vez no escuro,

em benefício da própria simetria.

Pra que o movimento nunca cesse;

pra que sempre haja noite e dia.

E adeus consciência plena;

das doze cores;

doze notas musicas;

doze momentos eternos;

doze deuses.

Agora, do ponteiro do relógio,

minha vida é refém.

Doze horas de dia,

e de noite também.

O tempo é a obra;

que após a insanidade do quântico,

proporciona alívio extraordinário.

Não o vejo mais como uma prisão,

e sim, como um belo aquário.

No tic tac reconfortante do binário.


Ajudemos no merch, irmãos!

Quem puder, adquira produtos na loja: https://www.escoladelucifer.com.br/loja/

Compre cursos e ganhe Téritos: https://www.escoladelucifer.com.br/cursos-escola/

Seja doador / Compre Téritos: https://www.escoladelucifer.com.br/seja-doador/

Lembremos que toda ajuda é por nós, para nós.

Esse é o nosso reino!


 

 

 

Compartilhe a Verdade:


45
Deixe um comentário

Please Login to comment
21 Comment threads
24 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
21 Comment authors
Rhamon britoDAVID GUTIERREZPedro SoraPaulo HenriqueGabriel Morcillo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Bruno Bauler
Membro
Bruno Bauler

Luz p’ra nós!

Admin bar avatar
Membro
Richard Maquiavel

Suas poesias são maravilhosas.
As músicas de fundo nem se fala…
Reflexões divinas irmão.
Luz p’ra nós!

Armando
Membro
Armando

Luz p’ra nós, mestre! Sabe brincar com as palavras.

Admin bar avatar
Membro
Henrique Barboza Vaz

Muito bom, irmão! Sempre com belas poesias. Luz pra nós!

Miryam Yoshiko
Admin

Irmão, não é por nada não, mas…
Quem você foi no outro ciclo? rsrs
Criando cada vez mais alto irmão. Parabéns!
Luz p’ra nós!

Bruno Bauler
Membro
Bruno Bauler

Post/matéria junto aos vídeos poéticos, digno de um artista de verdade Thiago!

Conrado Guimaraes Cruz
Membro

Excelente reflexão ! Poesia que transcende o espaço-tempo. Obrigado por compartilhar

Josimar Lima
Editor

Caramba irmão! Que coisa mais linda! Gratidão! Luz pra nós .

Cássia Casanova
Editor
Cássia Casanova

Que lindo irmão, uma poesia melhor que a outra!!!
Gratidão 🙏

Márcio Henrique
Membro

Luz pra nós!

Fábio souza
Membro
Fábio souza

Muito Belo Trabalho Irmão, se empenhar mais na meditação!
Luz pra nós!

Raquel Broll
Membro

Muito linda poesia irmão, explicou super sobre a quarta e quinta dimensão, um dia eu consegui soltar e ficar na quinta dimensão a ponto de ouvir meus próprios pensamentos, mas não tinha nada do conhecimento de hoje, Deus não escolhe os preparados, prepara os escolhidos!

Dani
Membro

Que excelente post , Thiago. Obrigada por compartilhar suas palavras e sintase em forma de poesias e textos.
Maravilhosos poemas!
Luz p’ra nós!

Jonathan Muniz
Admin
Jonathan Muniz

Luz p’ra nós!

Admin bar avatar
Membro
Wellington Nascimento

Luz p’ra nós!

Diosane Fortunato
Membro
Diosane Fortunato

Luz pra nós

DAVID GUTIERREZ
Membro

Muito grato pela tua EXISTÊNCIA HERMANO THIAGO GALHAS !
LINDO SUAS POESIAS !
LUZ PARA NÓS !

Rhamon brito vikernes
Membro
Rhamon brito vikernes

GRATIDAO,Luz p’ra nós!

Gabriel M. Oliveira
Membro
Gabriel M. Oliveira

Luz pra nós

Paulo Henrique
Membro

Muito especial cada palavra irmão. Luz p’ra nós!

Pedro Sora
Editor

matéria top irmão
Luz p’ra nós