sáb. out 16th, 2021

Ninho de uma das aves mais raras do mundo é localizado

Compartilhe a Verdade!

Referência: oeco

Com um coletivo de apenas 11 sobreviventes a ave é uma das aves mais ameaçadas

O hábitat da saíra-apunhalada (Nemosia rourei) é nas montanhas do Espírito Santo, numa área restrita da Mata Atlântica. Desde 2016, pesquisadores lutam pela sobrevivência da espécie, uma das táticas adotadas pelo Instituto Marcos Daniel (IMD), é localizar e proteger os ninhos do pássaro.

Ano passado

Em 2020, apenas um ninho foi encontrado, após ser protegido, nasceu mais dois filhotes de saíra. Já neste ano, dois ninhos foram constatados e os cientistas irão vigia-los com constância p’ra assegurar que os filhotes vivam, assim expandindo o bando.

Reprodução

O processo reprodutivo do pássaro dificulta seu repovoamento, visto que, anualmente desdobram um único ninho, entre setembro e dezembro, onde cerca de 5 a 6 membros se unem para cuidar do mesmo.

Comemoração

Por conta da escassez de ninhos, os cientistas do IMD festejam a descoberta de dois ninhos, pois é a 1° vez que é registrado um ninho em cada uma das áreas de ocorrência, um na Reserva Biológica Augusto Ruschi, e outro na Mata de Caetés.

Vigília

Para garantir a proteção das aves, tanto do reino animal quanto do humano, os pesquisadores organizaram uma vigília ao lado dos ninhos, que seguirá até mesmo depois dos filhos deixarem a ninhada, e terminará só na proxima temporada reprodutiva, ou seja, na seguinte primavera. Marcelo Renan de Deus Santos, presidente do IMD acrescenta:

É um trabalho árduo, feito dia a dia por pessoas extremamente apaixonadas pela proteção das espécies ameaçadas e especialmente dessa que é a única ave que só existe aqui no Espírito Santo. Se não conseguirmos reverter sua situação, ela desaparecerá do planeta.

Ninho em ninho

É de grão em grão que a galinha enche o bico, e é de ninho em ninho que a natureza se enche de ser vivo. Marcelo finaliza:

 Se a gente conseguir garantir que esses dois indivíduos que nascem na temporada reprodutiva sobrevivam, com o passar do tempo vamos começar a ter o aumento populacional, principalmente se esses bandos começarem a aumentar e se dividirem, porque aí vamos começar a ter mais ninhos simultaneamente. O fundamental em termos de ação direta é essa proteção dos ninhos e garantia da proteção da espécie. Nós temos uma equipe de 16 biólogos para conseguir acompanhar as aves e monitorar os ninhos. É um trabalho intenso, com um resultado que a gente entende que é pequeno e de longo prazo, que exige muita perseverança, porque é de 2 em 2 filhotes que eles vão chegar em 200 e garantir a sobrevivência da espécie.

Luz p’ra nós!

5 1 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!
Subscribe
Notify of
4 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
José
29/09/2021 3:27 pm

Luz pra nós

Pedro Silveira Goulart Cassiano
29/09/2021 6:43 pm

Luz p’ra nós!👍

Leonardo Moreira Feitosa Rodrigues
29/09/2021 7:09 pm

Luz p’ra nós!

José Ricardo Dos Santos
29/09/2021 11:11 pm

Deus abençoe, luz p’ra nós 🙏🙇‍♂️🙌

error

Seja caminho para a Verdade

4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home3/escoladelucifer/public_html/wp-content/plugins/social-networks-auto-poster-facebook-twitter-g/inc/nxs_functions_wp.php on line 166
Pular para a barra de ferramentas