Ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro tentou vender 34 florestas de SP

Compartilhe a Verdade:


Anunciado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro como ministro do Meio Ambiente, o advogado Ricardo Salles tentou vender 34 áreas florestais e estações experimentais de produção de madeira vinculadas ao Instituto Florestal em 2017, quando era secretário estadual de Meio Ambiente na gestão de Geraldo Alckmin (PSDB).

Na lista dessas áreas, 12 florestas estaduais, entre elas a de Cajuru, com 1.909 hectares, 18 estações experimentais, como a de Itapetininga, com 6.706 hectares, além de dois hortos florestais e dois viveiros.

Porém, não há em SP legislação que autorize o governo a vender essas áreas, mas apenas alienar temporariamente. Tanto é que, dias depois, a Secretaria Estadual do Meio (SMA) divulgou esclarecimentos a respeito.

Salles ficou marcado por inúmeros erros em suas nomeações, foi exonerado de um cargo, e segundo servidores dos institutos de pesquisa vinculados à pasta, como o Botânico, Florestal e Geológico. Em nota, a APqC, que reúne os pesquisadores, durante o período em que permaneceu à frente da Secretaria, Salles cometeu uma série de equívocos administrativos, além de acumular ações e denúncias de improbidade.

 

Para o vice-presidente da entidade, Joaquim Adelino, a nomeação de Ricardo Salles para o Ministério do Meio Ambiente seria “catastrófica” e colocaria em risco as políticas ambientais no Brasil. “Trata-se de alguém incapaz de entender a importância da ciência para o desenvolvimento nacional e que já provou ter ligações com representantes de setores que não têm qualquer compromisso com a educação ambiental, a bioecologia e a conservação da natureza”, disse.

 

Compartilhe a Verdade:


3
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




3 Comment threads
0 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
TattaJucemar MelloDouglas Ceron Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Douglas Ceron
Membro

Psicopata

Jucemar Mello
Membro
Jucemar Mello

Esse governo é uma piada! A frustração de quem apóia será proporcional à expectativa que fizeram! Tudo que no passado tentaram fazer de pior para o povo e para o país com esse governo parece que estará contemplando agora. Esse é só mais um exemplo!

Tatta
Membro
Tatta

Que nojo!