Manipulação e distorção do sagrado feminino são a base da divisão coletiva

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Por favor, leiam até o final.

TODOS SOMOS E CONTINUAREMOS SENDO VÍTIMAS ATÉ QUE COMPREENDAMOS O PONTO CENTRAL DESTA QUESTÃO. SOMENTE POSTERIOR A TAL ASSIMILAÇÃO HAVERÁ EQUILÍBRIO, HARMONIA E ENTENDIMENTO QUE SOMENTE AMOR E HONRA ALINHADOS PODEM PROPORCIONAR

Manipulação e distorção do sagrado feminino são a base da divisão coletiva em todos os aspectos.

Primeiramente calma! Sabemos aqui na EDL como funciona este mecanismo cabalista em distorcer a força qual possui o sagrado feminino. Isso é inconscientemente disseminado de diversas formas por vários meios com a finalidade de justamente deixar tudo indefinido e não compreendido para que cada vez mais a sociedade seja controlada por meio da divisão e separação entre as classes. Tudo isso, tem em sua base inicial, os aspectos sexuais. E a mulher é a arma mais poderosa, justamente por isso é atacada de todas as formas. Mas como é este “ataque” em seu ponto central e inicial que desencadeia toda a situação que chega aos olhos de todos e que é analisada de maneira superficial? Pois bem, tentarei mostrar algo mais aprofundado aqui neste artigo.

Hoje fica evidente que isso começa muito cedo, pois o fato de tantas crianças estarem sendo vitimadas, brutalizadas e tratadas como simples carne humana pela mídia apodrecida qual é comandada por quem se beneficia desta distorção, devemos isso a três fatores: um: uma demanda do consumidores tarados já corrompidos por este mercado que se torna cada vez mais comum em expor o corpo feminino em todos os âmbitos e aspectos como se fosse a coisa mais normal do mundo, e, em contrapartida, isso torna-se cada vez mais “lucrativo” não somente no aspecto financeiro, mas também perceptivos para todos os envolvidos no desenvolvimento articulado desta abominação, exceto, é claro, para as vítimas e para quem assimila toda esta sujeira; segundo, um nível de corrupção tão invasivo tanto em escala local em nosso Brasil, quanto internacional, o qual hoje mostra haver pouca esperança de ser trabalhado para ser corrigido por meio de canais estabelecidos de mudança dentro deste sistema podre e corrompido; e três, um silêncio sinistro de indivíduos que não se manifestam contra tais atrocidades, pois nem tem capacidade para tal feito. Resumindo, tornou-se uma perfeita engrenagem de bizarrices sexuais e libertinagem, sem citar, um crime claro contra a natureza humana em sua totalidade.

Certamente, análises simples podem ser de fato feitas tendo por base sólida o conhecimento Luciferiano trazido pelo Mestre Bob Navarro, qual expôs o lado sujo pela manipulação da cabala em seu aspecto voltado para este ponto. Isso nos dá poder para assimilar de onde parte tudo isso e porque de fato isto é articulado desta maneira grosseiramente óbvia. Quando se assimila tudo, torna-se claro a importância de se “corromper carne desde jovem” por alguns poucos neste planeta. Muitos inocentemente pensam que a polícia, leis e nossa atual justiça dos homens poderiam fazer um trabalho melhor de proteção quanto a isso, identificando e respondendo a estas questões, bem como previnindo-as, mas nem mesmo as próprias leis que se levantam atualmente contra isso estão alinhadas com a real justiça, pois desconhecem a origem destes pontos. É tudo um grande aparato de divergências e contradições, que ao final, torna-se positivo para quem colhe bons frutos perante os pontos negativos destas situações caóticas. Os grupos e os serviços sociais precisam, mas não tem competência para fazer um trabalho melhor com intuito de proteger nossas crianças e, posteriormente, estas saberem como se portarem diante deste problema e não se tornarem novas vitimas de um loop infinito de desinformação. Na maioria dos casos hoje, os pais estão propriamente corrompidos ideologicamente e perdidos nas sensações do coletivo que os cercam neste ponto.  Temos também nossa própria ‘educação’ atualmente, em alguns casos dentro dos lares de jovens sobre assuntos sexuais já vindo sendo tratados e moldados pela base consolidada do erro.

Estamos lidando com uma FALSA cultura que prepara nossas crianças, especialmente meninas, para serem vítimas sexuais sob demanda, não somente dos homens, os quais também se perdem por esta força, mas também por uma mentalidade coletiva completamente perdida perante os verdadeiros valores sexuais de forma geral nos quesitos “respeito e igualdade”.

A grande mídia hoje usando como veículo muitos artistas e influencers já corrompidos e investindo nesta maneira ideológica massificadora de pontos de vistas coletivo quais estes possuem, moldam várias perspectivas perante infinitas possibilidades de se moldar esta força sexual feminina em prol de vários objetivos obscuros e errados diante deste mesmo coletivo, manipulando como um jogo e jogando isso em diversos pontos contrais tornando caótica a maneira com a qual este assunto é de fato abordado e interpretado hoje em dia.

Geralmente, existem estágios para se disseminar a desinformação e tornar aceitável a sexualização/sensualização precoce explícita de nossos jovens hoje: amizade (pela falsa liberdade e intimidade de se tratar o sexo como algo simples); relacionamentos precoces (preenchendo as necessidades da criança ou adolescente pela sensação e desejo ‘amor’); baixar o nível de proteção ao redor das nossas crianças; tornar tudo comum em nome da “liberdade”; sexualização propriamente (dessensibilização da criança para conversas e atividades sexuais insanamente em idade tenra – CRIME!); isso tudo é um carro chefe que define o próprio abuso posterior na fase adulta, momento qual a pessoa já se tornou mais uma vítima da ignorância pelos parâmetros que lhe moldaram nos momentos anteriores, na qual a mulher ou o homem já estão completamente tomados pelo erro diante deste ponto complexo e perigoso que é: não saber lidar com as sensações poderosas da própria sexualidade de fato achando inocentemente que o sabem fazer.

Todos esses dispositivos de fluxos chave estão sendo incutidos nas crianças em idade cada vez mais precoce, e isso além de fatídico é completamente absurdo. Elas se tornaram o principal meio deste sistema predador sexual obter acesso aos jovens e sucesso em sua ação destrutiva perante a estrutura social como um todo, e isso está acontecendo a todo o momento, seja online em redes sociais, ou em seu programa de auditório favorito aos domingos quando a família está reunida sala de estar diante do televisor.

A distorção sexual encontra hoje vários pontos de acesso fácil à vida dos jovens:  pode ser online através de games e aplicativos de bate-papo para vários membros ao mesmo tempo, estabelecendo conexões virtuais diretas por bate papo. Interações que despertam sensações desenfreadas e descontroladas em seres humanos em sua fase de amadurecimento e que ainda nada sabem sobre suas próprias emoções e sensações. Isso sem dúvida nenhuma é amplamente nocivo e molda padrões perceptivos corrompidos em praticamente todos os jovens que tem este tipo de contato diante destes aspectos.

Os aplicativos de mídia social como TikTok e Instagram, facebook e Youtube, por exemplo, fóruns e sites de bate-papo on-line tornaram-se “áreas de caça” para entusiastas sexuais e uma verdadeira armadilha para capturar inocentes e formar um molde de percepção condicionada em massa.

A cultura de adoração do ‘corpo físico’ atualmente tem grande e importante participação neste aspecto destrutivo das barreiras limitadoras diante do pudor e bom senso quando o assunto envolve sexualidade. Pois se analisarmos quão o corpo das pessoas é evidenciado hoje, torna-se óbvio de como esta maneira de exibicionismo atual tida como absolutamente normal, faz com que o visual desperte em aspecto inicial de maneira muito eficaz e pura, a distorção de tudo que se desencadeia posteriormente neste mar conturbado de libertinagem, desonra e sujeira. Inicialmente passando por mutações sensitivas e sendo corrompido diretamente no âmbito das emoções atraídas pelo lado sexual sujo e subversivo já corrompidos, que por sua vez, quando não conhecido para ser controlado em uma linha delicada, acaba perdendo sua beleza e o torna amplamente destrutivo pelo poder que possui.

Esta é a nova face de como os ‘predadores’ estão preparando meninas (e meninos) para serem veículos futuros da desinformação e caos diante deste ponto no coletivo que virá a ser discutido dentro do já consumado erro. No entanto, começa muito mais cedo e é exatamente isso que ninguém percebe em uma pseudo-cultura que passou por completa lavagem cerebral ao acreditar que a liberdade sexual equivale a um show no qual mulheres seminuas passam 20 minutos há algumas horas se contorcendo, rebolando, girando (algumas delas parecendo stripper) exibindo movimentos sexualmente provocantes. E tudo isso chamado de Show.

Isso faz parte da pornificação da cultura ocidental e da distorção de todo o aspecto sagrado sexual qual corrompe toda sua peculiar e formidável dádiva magia divina originária.

Sabem porquê? O sexo vende! Tudo é lucro nessa indústria dentro do sistema insano que dita as regras teatrais de existência e valores. Madonna sabia disso quando rastejou de 4 no palco do VMA, “Like a Virgin”. Rihanna com maneira ousada de vestir-se, Beyoncé como modelo de poderosa”bossgirl”, a sua figura de esposa e mãe perfeita criada por Hollywood, Britney Spears com seu bonito rostinho jovem vestida de colegial. Em nosso Brasil temos os frutos desta industria animalesca; Anitta, Lexa, Luiza Sonza, Pocah etc… e inúmeras outras jovens que subiram a escada da fama de forma vitimada pela sede de fama, e articuladamente orquestrada de maneira proposital por ser explorada a magia sexual de seus corpos, longe da pura beleza, magia e arte verdadeiras e puras da verdadeira beleza feminina… da última vez que analisei, nós, como nação, adoramos completamente este tipo de comportamento que em nada tem de íntimo com a beleza da verdadeira liberdade feminina,  pois está indo contra o profundo e inicial sentido de respeito que a mulher merece, respeito pelo resguardo de seu corpo como um templo sagrado reservado à poucos pela magia e poder que possui ao ficar coberto e protegido, apenas sendo exposto aos olhos de quem realmente deveria ter privilégio em vê-lo. Coisa sagrada e profunda, entendem?

 A cultura pop e a cultura pornô tornaram-se parte do mesmo fluxo ”, explica Mardia Bishop, historiadora do teatro e professora da Universidade de Illinois. “À medida que essas atitudes e comportamento se difundem na cultura popular, elas se normalizam … e … são aceitas”. – Moldando a percepção das massas!

Essa incursão na cultura pornô – a crescente aceitação e difusão de imagens sexualizadas na grande mídia de meros artistas exibindo seus corpos em seminudez  – é onde a cultura pop dá uma guinada sombria. “O visual e narrativas de vídeos musicais claramente têm mais potencial para formar novos seguidores mediante tais atitudes, valores ou percepções da realidade social do que apenas a música”, observa o autor Douglas A. Gentile em seu livro  Media Violence and Children . De fato, os videoclipes estão entre os piores culpados, bombardeando constantemente os jovens hoje em dia com imagens e referências sexuais explicitamente pesadas.

– Vá no YoutTube e analise quais são os conteúdos dos vídeos musicais mais visualizados aqui do Brasil. É tudo tão óbvio!

A intensidade, normalização do exibicionismo e erotização da indústria musical bem como outros setores do coletivo midiático tornaram-se os principais veículos para a sexualização precoce dos jovens. E como a sexualização está completamente distorcia, o caos paira no ar perante este ponto. A base de todas as divergências sociais hoje e separações pelo desentendimento estão intrinsecamente ligadas à exploração do lado sexual feminino. Por isso todos são vítimas do momento inicial que dá toda a forma final deste complexo sistema engenhosamente articulado.

Para ser ter uma base, hoje crianças de 8 a 12 anos passam quase 5 horas por dia de olho na mídia, seja pelo smartfone, computador ou televisão (os adolescentes acumulam quase 8 horas nestes dispositivos)  e isso não inclui o tempo gasto na escola ou na lição de casa.

Uma boa parte deste tempo perdido é devorado pelo YouTube, que tem sido repetidamente sinalizado por grupos de vigilância por  vender imagens violentas, referências a drogas, linguagem explícita e conteúdo sexualmente sugestivo para jovens telespectadores.

Os videoclipes contêm predominantemente materiais sexualmente sugestivos e, com o advento da tecnologia portátil, a televisão e a música infantil geralmente não são monitoradas pelos pais ou responsáveis. De fato, um estudo descobriu que mais de 80% dos pais pegaram  crianças pequenas repetindo letras ofensivas ou copiando movimentos de dança “estilo pornográfico” após serem expostos a música pop explícita nestas plataformas.

Numerosos estudos descobriram que a  exposição a conteúdo sexual em músicas, filmes, televisão e revistas acelera o comportamento sexual dos adolescentes : é assim que os jovens estão sendo preparados para o sexo por uma cultura predadora.

Como Jessica Bennett observa em “A pornificação de uma geração” para a  Newsweek :

“Em um mercado que vende saltos altos para bebês e fio dental para jovens adolescentes, não é preciso ser um gênio para ver que o sexo, se não o pornô, invadiu nossas vidas. Quer sejamos bem-vindos ou não, a televisão leva-o para as nossas salas de estar e a Web leva-o para os nossos quartos … Basta uma olhada nas fotos [sociais] de adolescentes para ver exemplos – se eles não estão imitando a pornografia, eles ‘ Na verdade, estão imitando as imagens e poses inspiradas na pornografia que absorveram de outros lugares. Látex, espartilhos, shortinhos, langerie e saltos de strip-tease, uma vez na moda das estrelas da pornografia, chegaram ao ensino fundamental e médio … As celebridades também se tornaram estrelas da pornografia amadora. Eles aparecem em fitas de sexo (Colin Farrell, Kim Kardashian), contratam produtores de pornografia para gravar seus vídeos (Britney Spears) ou produzem pornografia (Snoop Dogg). Enquanto isso, estrelas pornôs e garotas de programa se tornaram celebridades.

Como chegamos a esse lugar a tempo, onde as crianças são sexualizadas desde cedo e são apontadas como alvos fáceis para todos os tipos de distorções ideológicas futuras, não é tão difícil de decifrar, mas requer uma certa dose de sinceridade em falar tudo isso.

Primeiro, não há nada de sexualmente libertador  em mulheres jovens – meninas – que se reduzem a pouco mais que objetos sexuais e se empoleiram como prostitutas e exigem respeito de homens que também são moldados por esta demência sendo verdadeiros babacas. Isso cria o caos ideológico que reflete no comportamento insano de um para com o outro em nosso coletivo. Onde fica o respeito, discernimento e prudência sem a base da honra dentre estes opostos extremos perdidos pela distorção?

Segundo, este é um jogo perigoso que só pode terminar em consequências trágicas: existem vitimas sexuais em ambos os lados partindo desta base, ansiosos demais para tirar proveito de quaisquer “convites” sexuais insinuados, intencionais ou não. Uma verdadeira zona coletiva. Busca de prazer e alívios a todo custo sem base alguma em respeito, pois não estão ligados na Justiça, no Amor e na Honra.

Terceiro, se parece pornô, parece pornô e imita pornô, é pornô… e é devastador em todas as frentes, transformando mulheres em objetos de agressão masculina, e estes “homens” máquinas idiotas criadas por este pressuposto. Um loop bizarro e infinito  cada vez mais agravado.

Quarto, não importa o que leis possam dizer ou fazer sobre a Primeira Emenda e a libertação das mulheres, pois a pornografia em todas as suas formas – seja abertamente vendida como filmes e revistas ou mais sutilmente disfarçada pela cultura pop com videoclipes musicais e na moda por roupas cada vez mais curtas – tudo é voltado para uma uma coisa somente: dinheiro e alienação.

Quinto, pais: desligue o celular para variar e sintonize o que seus filhos estão assistindo, lendo, ouvindo e a quem estão tendo como “influencer”.

E, finalmente, lembre-se de que a sexualização de crianças pequenas faz parte de um continuum maior no Ocidente, que varia desde entretenimento sexualizado, a glorificação de uma cultura de cafetões – Mc´s ostentação e uma indústria sexual de bilhões de dólares, tanto em investimento como na lucratividade, construída com base em pornografia subliminar ou explícita, música, entretenimento etc… e isso termina com estes mesmos jovens sendo comprados e vendidos por sexo. É  estimado  que a indústria pornô produz mais fluxo do que Amazon, Microsoft, Google, Apple e Yahoo. Mas isso o jornalismo imparcial mundial não relata.

O fato de esse assunto continuar sendo tratado com um encolher de ombros, especialmente por aqueles que afirmam se preocupar com o estado de nossas liberdades e igualdades, não é apenas surpreendente e enervante, mas também perigosamente inconsciente.

Como tantos males em nosso meio, o distorção sexual (e a sexualização dos jovens) é uma doença cultural que está enraizada no coração trevoso da sociedade ocidental de maneira articulada a proposital, este é o ponto chave, e está alarmantemente agravado em nosso Brasil.  Falo de uma corrupção sórdida e de alcance abrangente, que se estende dos mais altos lugares do poder (governamental e corporativo) até os cantos mais ocultos da base social, e isso depende do nosso silêncio e da nossa cumplicidade para fechar os olhos diante das ações erradas qual poucos conseguem perceber.

Você não precisa ser pai ou mãe para se preocupar com o que está acontecendo com nossos jovens e com nosso coletivo adoecido pela mentira, farsa e manipulação. Da mesma forma, você não precisa se inscrever em nenhum ponto de vista político específico mané esquerdista ou direitista para reconhecer e ficar ligado com a trajetória autoritária da nação sendo guiada obviamente por uma força contida por poucos que se beneficiam amplamente do enorme conflito social que isso causa e da separação que isso cria.

As pessoas preocupadas com o estado político corrupto, segurança e qualidade de vida emergente em nossa nação, deveriam também estar preocupadas em saber do ‘porquê e praquê’ a pornificação do ocidente e do Nosso brasil: são dois lados da mesma moeda.

Como Aldous Huxley explica em sua introdução em seu livro, Admirável Mundo Novo, qual li antes de conhecer a EDL e me deu base para desdobrar os conhecimentos amplos e profundos que Bob nos trouxe novamente:

À medida que a liberdade política e econômica diminui, a liberdade sexual tende compensatoriamente aumentar. E o ditador (para controlar famílias quais aliena em território conquistado) fará bem em incentivar essa liberdade. Em conjunto com a liberdade de sonhar acordado sob a influência de drogas, filmes e rádio, ajudará a reconciliar seus súditos com a servidão perante a ilusão de que é o destino (o amanhã) deles.

 

Abaixo a imagem prévia do material disponibilizado gratuitamente para quem se cadastrar.
Faça seu cadastro AQUI e depois clique na imagem para ter acesso ao Podcast do Mestre Bob Navarro tratando do assunto, pois apesar de ser gratuito, é necessário ser cadastrado para se ter acesso.

O amanhã é de Deus. Não permita que ninguém tente definir seu amanha com intuito de escravizá-lo, pois é exatamente isso que está acontecendo AGORA. Compartilhe a verdade!

Compartilhe a Verdade:



Compartilhe a Verdade!

Douglas Ceron

A verdade é viva e não exige ser provada à ninguém. Mostrá-la já é mais que suficiente para que almas dignas e grandiosas reencontrem o caminho de casa para contemplarem ao pai celestial e impronunciável com sua magnífica obra diante do verbo vivo. Luz pra nós. Amor e honra! Heil Lucifer!

6
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Bruno BaulerMichellyArlete LimaLeonardo Moreira Feitosa Rodrigues Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Leonardo Moreira Feitosa Rodrigues
Membro
Leonardo Moreira Feitosa Rodrigues

Muito Polêmico!
Luz P’ra Nós!

Arlete Lima
Membro
Arlete Lima

Luz pra nós!

Michelly
Admin

Luz pra nós!

Bruno Bauler
Membro

Estava a ler o começo, da para sentir suas palavras Douglas. Sua indignação e luta pela verdade.
Irei voltar para ler tudo. Luz p’ra nós!

Luiz Cláudio
Membro
Luiz Cláudio

Luz p’ra nós!

Wayllon
Membro
Wayllon

Luz p’ra nós!!

Next Post

Empresa transforma lixo retirado do mar em baldes, vasilhas e até vassouras

ter fev 18 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Uma empresa portuguesa lançou uma inovadora linha de produtos de limpeza feitos a partir do lixo marítimo reciclado. Vasilhas, vassouras, potes, baldes e cestos feitos com resíduos marítimos chamaram a atenção do público presente na maior feira mundial de artigos para o lar, em Frankfurt, na […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Tatta
Richard Maquiavel
Bruno Bauler
☥Joao Vitor Rios Honorato De Castro
Renan Fontanella
Izabela Souza

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

  • Admin bar avatar
  • Admin bar avatar
  • Admin bar avatar
error

Seja caminho para a Verdade

Pular para a barra de ferramentas