qui. nov 14th, 2019

Israel Deporta Defensora dos Direitos Humanos, Pesquisadores e Delegação de Apoio aos Direitos Palestinos

Compartilhe a Verdade:


As ações de Israel expõem sua crescente repressão e sistema de apartheid.

 

Nos últimos dias, Israel negou a entrada e deportação de defensores dos direitos humanos, pesquisadores e uma delegação de testemunhas oculares, citando seu apoio aos direitos palestinos.

Um dos defensores dos direitos humanos deportados é Ana Sanchez, uma cidadã espanhola que é ativa no movimento BDS. Em 24 de julho, autoridades israelenses no aeroporto de Ben Gurion a detiveram por mais de 24 horas antes de proibi-la de entrar e deportá-la para a Espanha.

O BNC palestino, que lidera e apóia o movimento global BDS pelos direitos palestinos, disse:

Ana está sendo punida por seu papel efetivo em convencer autoridades eleitas, prefeituras, conselhos locais e empresas e organizações comunitárias em toda a Espanha a respeitar os direitos humanos e comprometer-se a não causar danos aos palestinos que sofrem com as políticas racistas de Israel.

Ela tem estado ativa em uma campanha para criar “Zonas Francas do Apartheid”, em que as comunidades decidem se abster de cooperar e negociar com instituições e empresas que sustentam as violações grosseiras de Israel aos direitos palestinos.

Ana Sanchez disse:

Israel impediu que eu e outros entrássemos poucos dias depois de efetivamente ter adotado o apartheid em sua constituição.

Essas deportações são mais um sinal de que o governo de direita de Israel está tentando duramente reprimir a liberdade de expressão e silenciar o crescente movimento BDS, desafiando o direito internacional, a Convenção Européia de Direitos Humanos e os valores democráticos básicos.

Essa repressão é típica dos regimes do apartheid, mas está fadada ao fracasso.

Todos os estados, incluindo a Espanha e a União Européia, devem responder de maneira que responsabilize Israel de forma significativa por suas sistemáticas violações de direitos humanos. Em resposta às suas proibições de entrada, a Espanha e a União Europeia deveriam no mínimo negar a entrada a todos os colonos israelenses e a todos os soldados israelenses por serem cúmplices no apartheid e nos crimes de guerra de Israel.

A resposta do movimento BDS à crescente repressão e deportação de Israel será a criação de mais Zonas Francas do Apartheid, na Espanha e além.

Juntos podemos e vamos acabar com o apartheid israelense.

Em 25 de julho, Israel também negou a entrada para o bem conhecido modelo sul-africano, atriz e personalidade de TV, Shashi Naidoo. Como parte de uma delegação de testemunhas oculares liderada pelo Conselho Sul-Africano de Igrejas e Judeus da África do Sul por uma Palestina Livre, Naidoo pretendia ver as realidades das políticas de Israel para si mesma.

Na semana passada, Israel barrou dois pesquisadores para uma ONG holandesa devido a supostas ligações com o movimento BDS.

Em 2017, o parlamento israelense (Knesset) aprovou uma lei repressiva que proíbe formalmente os defensores internacionais dos direitos humanos que apóiam os direitos dos palestinos através das táticas BDS de entrar no país. Foi usado para barrar Anuar Mailuf, o diretor executivo da Federação Palestina do Chile e um cristão que estava em uma delegação para visitar a Terra Santa durante a Páscoa. Israel também recusou a entrada de Hugh Lanning, cidadão britânico e presidente da Campanha de Solidariedade da Palestina.

O uso de Israel desta lei antidemocrática aumentou este ano.

O Comitê Nacional Palestino de BDS (BNC) é a maior coalizão da sociedade civil palestina. Ele lidera e apoia o movimento global de Boicote, Desinvestimento e Sanções pelos direitos palestinos.

 

Fonte: BDS

Compartilhe a Verdade:


4
Deixe um comentário

Please Login to comment
4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Admin bar avatarSayle jrIsrael NavesJoão Pedro Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
João Pedro
Membro

Estão ficando cada vez mais fora das sombras, o mundo já está começando a enxergar as falcatruas desse povo racista.

Israel Naves
Membro
Israel Naves

Apartheid, sansões, proibições… racistas malditos! são o motivo enfim do mundo estar essa bosta!

Sayler Céfas
Membro

Eles querem calar os justos
Malditos parasitas!

Não seram perdoados!

Admin bar avatar
Membro
Henrique Barboza Vaz

Está cada vez mais patente! Racistas! Luz pra nós!