Israel constrói nova cerca em torno da Faixa de Gaza

ok 1024x683 - Israel constrói nova cerca em torno da Faixa de Gaza

Compartilhe a Verdade:


Na foto a barreira submarina de Israel projetada para bloquear ainda mais a Faixa de Gaza sitiada, vista durante a construção em 2018 na praia de Zikim, a aproximadamente três quilômetros da fronteira norte de Gaza.

O Ministério da Defesa de Israel anunciou no domingo que começou a construir a parte mais alta da barreira ao redor da Faixa de Gaza.

O Ministério da Defesa, em um comunicado, disse que a construção começou na quinta-feira.

“A barreira terá 65 quilômetros de comprimento e terá seis metros de altura, ao longo da fronteira com Kerem Shalom, no sul, e será conectada à nova barreira marítima que Israel está construindo”, acrescentou.

No início deste ano, Israel anunciou que a barreira naval destinada a bloquear ainda mais a Faixa de Gaza sitiada está em fase de conclusão, sete meses após o início da construção.

De acordo com o ministério, a barreira do solo é parte da cerca inteligente subterrânea de Israel para detectar túneis.

“A fronteira é única e especialmente adequada às ameaças da Faixa de Gaza e dará uma solução abrangente para impedir a entrada em Israel”, afirmou.

Sem formalidades

Essa nova iniciativa provavelmente será vista como uma tentativa adicional de Israel de apertar o cerco à Faixa de Gaza, que está em andamento desde 2007. Israel fechou todas as travessias de pedestres e comerciais dentro e fora do enclave e construiu uma “cerca de segurança”. ”Ao longo da Linha Verde (Armistício de 1949), que serve de fronteira. Sozinho de todos os estados membros da ONU, Israel nunca declarou formalmente onde suas fronteiras realmente são. Uma área proibida de aproximadamente 300 metros também é imposta ao lado de Gaza, restringindo o acesso de muitas famílias e agricultores a suas terras.

Israel também impôs um bloqueio naval na Faixa de Gaza, que atualmente limita os pescadores de Gaza a uma distância de três milhas náuticas, 17 a menos do que o proposto originalmente pelos Acordos de Oslo do início dos anos 90. No verão passado, dois navios pertencentes à Flotilha da Liberdade tentaram romper o bloqueio naval, mas foram interceptados pelas forças navais israelenses em águas internacionais. Tripulantes do Al-Awda, o primeiro navio a ser interceptado, acusaram as forças israelenses de violência e outros governos disseram que as ações de Israel violaram a lei internacional.

O impacto do cerco tem sido grave. Os setores industrial e comercial de Gaza foram prejudicados, com a proibição de Israel às importações de combustível e gás, levando à escassez e ao alto desemprego.

Faixa de Gaza é a maior prisão humana do mundo. Criada e mantida pela autoridade supremacista e racista do falso estado de Israel.

Lux pra nós!

5
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
João PedroCéfas SLKAique Freit EDLAdmin bar avatarRafael Isaac Franchini Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rafael Isaac Franchini
Membro
Rafael Isaac Franchini

Os verdadeiros racistas são estes
Acorda povo ! Tais notícias não passarão no Jornal Nacional que pertence aos mesmos cabilistas .
Luz p’ra nós

Admin bar avatar
Membro
Richard Maquiavel

O mundo sabera dessas atrocidades da Falsa Israel

KAique Freit EDL
Editor
KAique Freit EDL

Eles bem deveriam saber que não adianta construir muros resistentes e alto, com o sopro de trombetas Deus faz cair por terra, será que esqueceram?!
Coitados, se afogando nas próprias mentiras.

Sayler Céfas 666
Editor

Muita sacanagem isso velho!

João Pedro
Editor

Luz pra nos!