Governo francês dá aos cães e gatos direitos de “gente”

Compartilhe a Verdade:


Os franceses se juntam a uma lei que surgiu do governo britânico: cães e gatos terão direitos de um ser vivo.

Eles pararam de significar em termos de lei como objetos pelo menos na França, após a votação do parlamento que concedeu novos direitos. Mesmo agora eles podem ser discutidos em tribunais de custódia de animais de estimação e terem casos formais de abuso de animais, provavelmente com penalidades mais altas.

A França levou mais a sério quando 678 mil pessoas assinaram uma petição online que foi proposta pela fundação 30 Millons d’amis e que, sem dúvida, se tornou um sucesso. Muitos estão muito felizes com essas leis que deixam de depreciar animais de estimação e dão seu lugar como um ser vivo, é absurdo que em 2019 eles ainda sejam considerados um objeto.

Todos os votos foram apoiados por um bom número de pessoas, no entanto os acordos ainda precisam ser aprovados. Digamos que a papelada para que o sonho se torne realidade ainda precisa ser formalizada. A medida ajudará a reduzir casos de paternidade irresponsável e maus-tratos de animais de estimação.

Compartilhe a Verdade:


Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




  Subscribe  
Notify of