Golpe do WhatsApp – Vítima ainda toma lição de moral do ladrão

Compartilhe a Verdade:


No final da conversa, ao ser desmascarado, o criminoso ainda aconselha sua vítima: “Tem que amadurecer e saber dizer não” (bem ousado esse ladrão).

 

Marcela Voris, médica de 38 anos, moradora de Santos (SP), caiu em um golpe dado via WhatsApp nesta sexta-feira (7/6). Em entrevista ao G1, ela contou que recebeu uma mensagem de texto supostamente enviada por uma amiga, que pedia um empréstimo em dinheiro. Em seguida, Marcela fez a transferência de R$1.500 reais para a colega. Horas depois constatou que, na verdade, a conta do WhatsApps de sua amiga havia sido clonada, uma prática criminosa que vem crescendo fortemente entre os usuários do mensageiro e onde os ladrões usam técnicas de engenharia social para enganar as vítimas.

 

golpe whatsapp

 

Ela foi uma das mais de 20 pessoas que receberam mensagens de alguém que se passava por pela também médica Juliana Ribeiro Stivaletti, de 43 anos, na semana passada. Juliana só percebeu que tinha sido vítima de um golpe depois de horas. Ela relatou que entrou em contato com o suporte do app e divulgou em suas redes sociais o ocorrido, para que mais nenhum conhecido seu caísse no golpe que vitimou Marcela — que quando viu as mensagens, já havia feito a transferência para uma agência bancária de Fortaleza (CE).

 

“Ele [golpista] veio com essa estória de que precisava de uma ajuda. Falou que precisava fazer um depósito para alguém, no valor de R$ 3 mil. Depois disse que já tinha conseguido R$ 1.500”, contou Marcela ao G1. No mesmo dia, à noite, o golpista continuou se passando por Juliana e agradeceu a transferência. Ela contou que já sabia que tinha sido enganada e o golpista ainda tentou lhe dar uma lição de moral.

“Ele [golpista] disse: ‘Parabéns, você é uma ótima amiga. Me perdoe, mas você tem que aprender a dizer não’. E eu respondi que ‘sim, fica a lição'”.

 

 

Até o último domingo (2), Juliana recebeu mensagens de conhecidos afirmando que uma pessoa havia entrado em contato se passando pela médica, mas a partir de um número diferente que usava a foto dela.

O Boletim de Ocorrência por estelionato foi registrado no 7º Distrito Policial de Santos, e o caso segue sob investigação da Polícia Civil.

 

Fonte: Redação Olhar Digital 07/06/2019 16h55

 

E você, já foi vítima de alguma golpe em sua vida ou conhece alguém que tenha sofrido? Comente logo mais abaixo na área de comentários.

Alguns leitores ou visitantes podem ter chegado a esta matéria aleatoriamente, navegando pelas pesquisas realizadas na web, por curiosidade, ou por ter passado por alguma experiência semelhante. Alguns, podem ter sofrido o mesmo golpe e estejam se questionando o porquê de terem sido vítimas desse episódio tão desagradável, e na maioria das vezes, muito injusto. Seria ela uma pessoa “azarada”?  Para estes, deixo aqui uma matéria de complemento que explica através do ensinamento de nossa Escola, se existe mesmo essas chamadas “zicas” ou falta de sorte e porque ocorrem. Espero que apreciem e se desejarem se aprofundar em várias outras questões que envolvem espiritualidade, ciência, física, cultura, história, economia e principalmente a Verdade, saibam que estão no lugar certo!

Seguem as matérias:

 

Esta matéria saiu hoje mesmo:

 

Não esqueçam da ajuda no merch irmãos!

~Luz p’ra nós!~

Compartilhe a Verdade:


15
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




12 Comment threads
3 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
Pedro SaintsShirley Dias de OliveiraJonathan MunizBruna SollaraSamuel Rodrigues Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Leandro Quantum Oliveira.

Canalha.
Ela aprendeu com o ocorrido, mas esse canalha tbm vai aprender com o que fez, a justiça se fará. Ótima recomendação de estudo para os que estão chegando. É de extrema importância entender o azar, zica, sorte, Destino/livre arbítrio.
Luz p’ra nós 🍎

buizao
Membro
buizao

Sinceramente não sou nada contra o que o cara fez, não sei pra que ele usou o dinheiro, se ele realmente precisa e sei lá, não gosto de dois pesos duas medidas, quer dizer, a mulher emprestaria dinheiro pra amiga mas se fosse pra dar pra um “bandido” não daria… sei lá, essa história de ela estar precisando do dinheiro pra pagar algo é conversa, fica nítido q ela mentiu pra tentar fazer o “bandido” se sentir mal, enfim estou sempre do lado do mais fraco e aposto q essa grana não faria falta alguma pra ela, enfim, Deus é… Read more »

Arthur Luighe
Membro
Arthur Luighe

Compartilho do mesmo ponto de vista. Esses 1.500 não desliza tão fácil na mão de quem precisa. Se fosse então também compartilho do ponto de que aprender a dizer não é sim uma lição. E provavelmente também ela estava precisando desse aprendizado pra algo maior no futuro

Thiago Galhas
Membro

Que parasita, hein. A moça ainda foi toda meiga no final, e o canalha ainda terminou querendo dar liçãozinha de moral. Porém, de fato serviu como lição. São situações como essa que nos lapidam, através do caos, pra que nos tornemos cada vez mais sábios, iluminados. Grato pelo post, irmã.
Luz p’ra nós!

Juan
Membro
Juan

Esse dia foi louco

Raquel Broll
Membro

Muito obrigada pelo post, fica o alerta, o teatro é isso aí pura malandragem.

júlio césar
Membro
júlio césar

Ele vai colher o que plantou.

Arlete Lima
Membro
Arlete Lima

Já recebi uma mensagem bem parecida como essa, simplismente percebi o esquema ignorei e bloqueei o número. Mas ladrões de qualquer jeito parecem ter montar algum tipo de ilusão, macumba ou sei lá o que porque depois do acontecido você vai pensar….como caí nessa! Foi assim quando furtaram meu celular😉

Samuel Rodrigues
Membro

óleo de peroba nessa cara de madeira 😂😂😂

Bruna Sollara
Membro
Bruna Sollara

Gratidão pela matéria irmã
Luz pra nós !

Jonathan Muniz
Jonathan Muniz

Luz p’ra nós!

Shirley Dias de Oliveira
Membro
Shirley Dias de Oliveira

Caramba! Pior que qualquer um pode cair nessa 🤦🏻‍♀️

Pedro Saints
Membro
Pedro Saints

nossa e o cara ainda deu uma lição de moral, eu xingaria o cara