EUA criam coalizão para rastrear navios estrangeiros que fornecem combustível para a Coreia do Norte – relatório

Compartilhe a Verdade:


Um navio da Marinha dos EUA vai receber tropas militares dos países denominados “Cinco Olhos”, além do Japão e da Coreia do Sul, para monitorar as embarcações estrangeiras que fornecem combustível para a coreia do norte, violando as sanções da ONU.

A coalizão incluirá os EUA, o Reino Unido, a Austrália, a Nova Zelândia e o Canadá – parceiros da América (E Israel) na aliança de troca de informações Five Eyes – além do Japão e da Coréia do Sul, informou o Wall Street Journal , citando uma autoridade militar norte-americana. Este é aparentemente o primeiro esforço liderado pelos EUA para rastrear as entregas de combustível para a Coréia do Norte.

Os países da coalizão contribuirão com navios de guerra e aeronaves de vigilância militar para rastrear o tráfego marítimo na área. O USS ‘Blue Ridge’, o navio de comando da 7ª Frota da Marinha dos EUA estacionada em Yokosuka, no Japão, terá mais de 50 funcionários multinacionais.
Além disso, um chamado Centro de Coordenação foi criado no ‘Blue Ridge’ para monitorar as operações de monitoramento. O WSJ (Wallstreet Jornal) diz que isso garantirá mais comunicações “ponte-a-ponte” entre navios aliados e outras embarcações.

No entanto, o movimento não é livre de contratempos, observa WSJ. O Japão e a Coréia do Sul estão relutantes em compartilhar informações entre si, enquanto Seul tem seus próprios desacordos com Washington. Além disso, o Comando Indo-Pacífico dos EUA, o órgão encarregado do esforço de coalizão, tem pouca experiência na condução de operações multinacionais.

A história surgiu à medida que os EUA tentam reforçar seu controle sobre a Coréia do Norte, apesar de ambos os países terem tentado consertar os laços após a cúpula Trump-Kim, em Cingapura, em julho passado. No início desta semana, Washington convocou uma reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU em resposta ao que alega serem esforços de alguns países para “minar e obstruir” as sanções impostas à Coréia do Norte.

Embora os EUA não tenham destacado nenhum país, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, afirmou na sexta-feira que a Rússia supostamente tentou minar um comitê da ONU que avalia o cumprimento das sanções.

ONU sempre sendo eficaz em implantar sanções aos Países e matar a sua população de fome, coincidentemente contra Países que se opõe ao “regime democrático lastreado pelo dólar”. Por outro lado esta mesma ONU é totalmente impotente em fazer algo verdadeiramente humano para salvar, por exemplo, o povo palestino da injustiça que este vem sofrendo há quase um século. Fica controverso o real motivo da criação desta instituição bem como suas reais intenções perante as verdadeiras necessidades da humanidade em contraste com os interesses de uma moeda de papel.

Inicialmente, o Conselho de Segurança da ONU impôs sanções à Coreia do Norte em resposta ao seu primeiro teste nuclear em 2006. Posteriormente, o regime de sanções tornou-se cada vez mais difícil após os testes nucleares e sucessos de Pyongyang no seu programa de mísseis balísticos.

O que nós podemos observar é que por inúmeras vezes EUA e Israel fizeram testes nucleares e nada aconteceu. Entretanto se algum outro pais com seus lideres tido como “tiranos” o fazem, sofrem boicotes e sansões para que seu povo passe fome e consigam vender estas situações ao mundo como um prato cheio disfarçado de comunismo, terroristas, ou mais normalmente, “ameaças à paz mundial e à democracia”. Até quando este teatro judaico vai colar com estas pífias manobras de massa e fascismo destes hipócritas?  Veremos…

Em agosto, o Departamento do Tesouro dos EUA sancionou dois indivíduos russos, três empresas e seis navios de bandeira russa por supostos laços comerciais com a Coréia do Norte. A lista incluía a operadora de navios de carga russa Gudzon Shipping, a Primorye Maritime Logistics, a Vela-Marine e uma empresa eslovaca, a Lacno.

Enquanto isso, os vizinhos da Coreia do Norte estão ativamente tentando envolver o estado recluso no comércio. A Rússia, por exemplo, recebeu uma delegação do norte no Fórum Econômico Oriental em Vladivostok, onde a ministra das Relações Econômicas Externas de Pyongyang, Kim Yong-jae, fez uma série de propostas promissoras para a Rússia. Estes incluíram a construção de uma ponte transfronteiriça para impulsionar o movimento de produtos entre a Rússia e a Coreia do Norte.

Por sua vez, a Coréia do Norte e do Sul abriram um escritório de ligação na cidade fronteiriça de Kaesong. O escritório, localizado no lado norte da DMZ, terá uma equipe de até 20 pessoas de cada lado. As duas Coréias agora poderão “discutir diretamente as questões 24 horas, 365 dias ” , disse o ministro da Unificação de Seul, Cho Myoung-gyon.

Torna-se clara a tentativa de interferir em qualquer País que tente se desvencilhar do Dólar e dos tentáculos que amarram o mundo inteiro na FED Norte Americana. Sansões e mais sansões. Nunca passa pela cabeça das pessoas que se estas sansões não fossem feitas e o livre comercio mundial realmente existisse, será que os EUA teria todo o poder que possui atualmente. E se eles tem o poder que possuem atualmente é em benefício de quem? Quem o mundo defende e não se pode apontar o dedo e questionar, pois é crime de ódio e anti-semitismo?

 

Acompanhe nosso site para obter noticias verdadeiras que a grande mídia não lhe contará.

Compartilhe a Verdade:


6
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




5 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
5 Comment authors
Ariel dos SantosKaique FreitasJoão PedroSayle jrJosimar Lima Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Josimar Lima
Editor

Eles. Obrigam as nações servirem ao sistema onde so eles ganham e ao se apartar essas nações sofrem com essas tramoias maliginas e egoistas sempre maquiavelicos e os inocentes que pagam.

Sayler Céfas 666
Membro

Esses ratos dos EUA pensam que são os donos do mundo!

João Pedro
Membro

São os cães dos que se acham os donos do mundo. Mas quando a gente se “levantar” vão ficar com o rabo entre as pernas.

João Pedro
Membro

Obrigado por trazer essas notícias irmão Douglas. Aqui eles não vão conseguir censurar a gente. Estamos tomando de assalto esse controle deles. Não vamos deixar que “cortem” nosso rei. Luz pra nos!

Freit EDL
Membro

Sanções, a maneira mais eficaz pra esses covardes já que são um bando de fracotes de merda!

Ariel dos Santos
Membro
Ariel dos Santos

Nada pode escapar das mãos e olhos dos governantes do mundo, foi só o Brasil querer se “rebelar” q já foi cortado as asinhas. Mas esse sistema financeiro a base do petrodólar tem dias contados para estourar e a merda ir ao ventilador da forma mais dantesca possível.