Estudo mostra que tartarugas encontradas mortas no litoral estavam com plástico no estômago

tar2 - Estudo mostra que tartarugas encontradas mortas no litoral estavam com plástico no estômago

Compartilhe a Verdade:


Na temporada passada, um total de 760 toneladas de lixo foi recolhido das areias das praias paranaenses, de acordo com balanço do governo do estado. A quantidade seria suficiente para lotar quase 18 aviões de carga. Mas poderia ser diferente.

tar1 - Estudo mostra que tartarugas encontradas mortas no litoral estavam com plástico no estômago

A Rede de Especialistas em Conservação da Natureza alerta para importância de pensar no meio ambiente e na conservação da biodiversidade. Para Ariel Schesser, membro da Associação, é possível mudar pequenas atitudes para curtir as férias sem impactar o meio ambiente.

Ariel reforça que o plástico é o item que mais deve ser evitado por quem quer combater os danos à fauna marinha. Ele lembra que alguns estudos também apontam para o impacto desse material em seres humanos.

Um estudo feito pela Universidade Federal do Paraná em parceria com a Petrobrás mostrou que 100% das tartarugas encontradas mortas no litoral do estado estavam com plástico no estômago. O levantamento também apontou que 75% das aves mortas estavam com algum resíduo plástico em órgãos do sistema digestivo.

tar - Estudo mostra que tartarugas encontradas mortas no litoral estavam com plástico no estômago

 

1
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Marcio Alves Otero Barco Juntor Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcio Alves Otero Barco Juntor
Membro
Marcio Alves Otero Barco Juntor

Triste