Empresa canadense investe na primeira cervejaria de maconha do mundo

Compartilhe a Verdade:


Uma empresa sediada em Toronto inovou com uma cerveja … cannabis-brewed. A bebida está sendo preparada em antecipação da legalização da maconha no Canadá este ano.

Como o Canadá está prestes a se tornar o segundo país do mundo a legalizar a droga de classe B para uso recreativo, a Province Brands descobriu uma maneira única de levar produtos à base de cannabis para o mercado consumidor.

De fato, já arrecadou $ 15 milhões de dólares canadenses CAN (US $ 11,4) para a primeira cervejaria de cannabis do mundo. Uma vez construída, espera investir mais CAN $ 50-100 milhões (US $ 33-76).

Mesmo com áudio em inglês, o vídeo abaixo nos dá uma ideia visual sobre o curioso processo.

Dooma Wendschuh, co-fundador e CEO da Empresa, disse: “Nós sentimos que fabricar cerveja era algo que tinha que ser feito.

Durante gerações, o álcool teve o monopólio como o único psicoativo para atividades sociais e de lazer e, com a legalização da cannabis, houve a oportunidade de criar pela primeira vez uma alternativa mais segura e saudável ao álcool, e qual melhor forma se não uma cerveja?

Wendschuh disse que fazer a cerveja cannabis é essencialmente livre, pois é feita de partes da planta que teriam que ser pagas pelos agricultores para serem descartadas como lixo.

Ele disse que é uma vitória tanto para a produtora quanto para os fazendeiros, já que os eles só colhem flores no topo para serem vendidas. O resto não pode ser descartado, pois a maconha é uma substância controlada; e não pode ser incinerado sem o risco de as pessoas na área fiquem doidonas ao inalá-la (^^). Isso significa que os agricultores teriam que pagar para remover tal “lixo”.

Usamos uma parte da planta de cannabis que não tem valor comercial, então há centenas de milhões metros quadrados em cultivo que estão prestes a entrar em operação aqui no Canadá, à medida que nos aproximamos da legalização recreativa”, disse Wendschuch.

As pessoas estarão livres para fazer uso legal da cannabis no Canadá a partir de 17 de outubro de 2018.

Espera-se que a Edibles se torne legal um ano depois, o que significa que a empresa só poderá começar a vender o produto a partir de então.

Como a empresa “manipula e fermenta” na fábrica, ela poderá produzir “estilos diferentes” de cerveja, disse o CEO à imprensa, incluindo uma “pilsner, uma IPA, uma cerveja preta e uma bock”. Pilsner será a primeira que produziremos, pois é o mais desafiador, disse Wendschuch.

Um brinde! Luz pra nós!

Compartilhe a Verdade:


9
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




7 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
(Alleyn)João PedroKaique FreitasJosimar Lima Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Luis Carlos Van Haandel Leopoldino
Membro

👏👏👏 um brinde ao novo mundo. Canabreja é o que liga. Uhuuul
Valeu pelo post.
Luz p’ra nós!

João Pedro
Membro

Um brinde! haha

(Alleyn)
Membro

Brindemos!

Kaique Aguiar
Membro
Kaique Aguiar

Não sou de beber mas essa deu vontade de experimentar 😍💚

Membro

Confesso que fiquei com vontade de experimentar rs. Pode-se fazer é coisas a partir da cannabis!

Josimar Lima
Editor

a bandeira deles haha ja diz muito e que o mundo acorde pra verdade

Freit EDL
Membro

ótima noticia, não vejo a hora de degustar haha

João Pedro
Membro

Que notícia sensacional! Empresas assim me despertam um animo pelo setor empresarial, pois misturam o negócio com a satisfação do alívio tão necessário e tão alcançado com o consumo de produtos a partir de ervas como a cannabis. Espero que brasileiros inteligentes por ai já estejam de olho nessa oportunidade de misturar algo saudável, que é um tabu, com a cerveja que é tão comum a qualquer pessoa, como comer pão e café com leite pela manhã. Obrigado pela notícia!

(Alleyn)
Membro

Água na boca.Investe mesmoooo! EH Canadá;