Despertar: A censura israelense gera cada vez mais sua auto-destruição

Compartilhe a Verdade:


Pode não parecer, mas em muitos aspectos, Israel está em apuros.

Claro, Israel é um estado (falso) e, fundamentalmente, opressor e racista. A censura israelense que é ditada pelo mundo, o estado de apartheid (separação) que é cada vez mais notado pela verdade como um dos piores regimes do mundo – incluindo monarquia absolutista brutal da Arábia Saudita.

No entanto, em termos da propaganda de Israel, a longo prazo, na verdade, é só enfiar o dedo no “mudo”, retardando o inevitável dilúvio que será causado pela verdade que está vindo à tona.

A imagem de Israel entre a população em geral está em declínio terminal, e não há como voltar atrás. Atrás de portas fechadas, propagandistas profissionais de Israel admitem isso. Em 2017, a Intifada Eletrônica obteve um relatório vazado em co-autoria do instituto israelense Reut Institute e da Anti-Defamation League (ADL), que tentou desesperadamente sugerir soluções para o problema.

A ADL já foi – há muito, muito tempo – fundada como uma organização de direitos civis para combater a intolerância anti-judaica (falsos judeus). Há muito tempo ela negligencia essa missão em favor de atuar como uma das mais cruéis organizações de lobby de Israelpró sionista usando o judaísmo legítimo como escudo – processos judiciais nos anos 90 revelaram décadas de atividades secretas de espionagem que a ADL havia realizado e realiza nos EUA para se infiltrar, pesquisar e sabotar grupos de solidariedade que apoiavam os povos da Palestina e da África do Sul contra seus respectivos regimes de apartheid.

O Instituto Reut é um grupo disseminador de fatos influentes com ligações estreitas ao estado de Israel. Em seu relatório – que se destinava apenas ao consumo interno, e não foi publicado on-line por medo de dar muita informação – os autores se preocuparam com o “crescimento impressionante” e “sucessos significativos” do boicote, desinvestimento e sanções ( BDS ) do movimento. Apesar do fato de que Israel e seus lobistas sionistas afiliados aumentaram seus gastos em 20 vezes para combater o BDS nos últimos anos, o relatório escreveu que “os resultados continuam indefinidos”.

Outra organização anti-palestina que recentemente reconheceu o declínio terminal dos propagandistas israelenses é o Projeto Israel (TIP). No documentário suprimido da Al Jazeera , “The Lobby – USA”, a rede enviou um repórter disfarçado para se infiltrar na TIP. As imagens filmadas secretamente fornecem uma visão fascinante de como esses grupos se vêem. Fazendo estes partes da maior máfia sionista mundial.

Por um lado, esses grupos claramente não têm nenhum problema no departamento financeiro, com financiadores gigantescos e fanaticamente antiparasitários como Adam Milstein e Sheldon Adelson doando enormes quantias para sua causa supremacista e odiosa sionista. Além disso, grupos como o TIP, e o muito maior Comitê de Assuntos Públicos dos EUA em Israel (AIPAC), claramente ainda têm muita influência sobre a maioria dos políticos americanos e do mundo “democrático”.

Por outro lado, esses grupos estão perdendo mesmo essa influência de longa data, como mostram as recentes eleições de mais democratas progressistas de esquerda, como Alexandra Ocasio-Cortez. No documentário da Al Jazeera , um diretor da TIP preocupa-se com o fato de “o pessoal de Bernie Sanders” entrar cada vez mais no Partido Democrata e erodir o apoio “bipartidário” de Israel no Congresso.

As pesquisas vêm mostrando há anos que nos Estados Unidos – onde o apoio inquestionável a Israel foi considerado inferior ao total -, a questão está se tornando cada vez mais partidária. Em termos históricos, o apoio a Israel está se desgastando rapidamente, tendência que parece continuar no futuro previsível até mesmo em países onde este conhecimento até então estava adormecido, como, por exemplo, no Brasil.

No documentário Eric Gallagher, um funcionário sênior da TIP que anteriormente trabalhou na AIPAC,   lamenta que “a fundação em que a AIPAC estava apodrecendo, está apodrecendo cada vez mais”. Eu não poderia ter dito mais sucintamente – e que essa base continue a apodrecer até que ela desmorone completamente e a verdade aflore aos olhos do mundo despertando as massas gentias (não judeus).

“Costumava haver apoio público real e generalizado para Israel nos Estados Unidos e no mundo”, explicou Gallagher, “então eu não acho que a AIPAC vai permanecer tão influente quanto é”. Ele acrescentou: “Eu não acho que o AIPAC é a ponta da lança em defesa de Israel hoje, o que é preocupante, então, quem a será?”

Os fanáticos sionistas estão se tornando cada vez mais desesperados, pois observam essas tendências e mesmo entupidos de dinheiro e poder, estão impotentes. Isso significa que os atos de intimidação, censura e assédio que tantas vezes passam por “defesa de Israel” em todo o mundo estão ficando cada vez mais imprudentes, e estão cada vez mais gerando reações adversas e questionamentos até no mais cego ser humano.

Do ponto de vista dos palestinos e daqueles que agem em solidariedade com eles, essa é uma tendência esperançosa. Isso significa que nossos inimigos estão cometendo mais e mais erros forçados gerados pela sua própria sede insana de poder, controle e domínio desumano sobre os demais. Um exemplo claro é o padrão das leis anti-BDS que o lobby de Israel tem tentado persuadir nos livros ao redor do mundo – mas especialmente, e mais escandalosamente nos EUA.

Estes tiveram um efeito, sem dúvida, e com resultados ridículos. Um exemplo é o fato de as pessoas no Texas serem forçadas a assinar uma promessa de lealdade de não boicotar Israel antes de receber ajuda do furacão. No entanto, eles também têm um efeito de reação.

O lado positivo da proposta Lei Anti-Boicote de Israel é que, cada vez mais, significa que o BDS está se tornando um termo familiar nos EUA. Mais e mais americanos estão questionando a lealdade aparentemente imortal a Israel que muitos legisladores dos EUA mantêm. Será mesmo que toda essa manobra é em defesa da justiça e que realmente este Estado judeu é o que diz ser nas mídias conto de fadas?

À medida que essa tendência cresce, isso erode a posição de longo prazo de Israel. A natureza fundamentalmente antidemocrática e inconstitucional dessas leis anti-BDS significa que Israel pode ter exagerado o uso de poder contido em suas mãos.

Alguma dúvida que a verdade por si só triunfará?

 

Lux pra nós! Ajudem no merch!

Compartilhe a Verdade:


5
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




5 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Samuel RodriguesAdmin bar avatarBruno dos Santos BittencourtCéfas SL Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Sayler Céfas 666
Membro

Não ah nada oculto que não venha ser revelado

Deus esta dando um rasteira bonita nesses ratos

Logo logo essa falsa israel será derrubada de vez
Os dias estão se desdobrando muito rápido
Cada dia o povo ta mais e mais ligado nos judeus.

Luz p nós
Obrigado pelo post irmão.

Sayler Céfas 666
Membro

A FALSA ISRAHELL ESTA CAVANDO O PRÓPRIO CEMITERIO.

Bruno dos Santos Bittencourt
Membro
Bruno dos Santos Bittencourt

a batata ta assando !!! A mascara ta caindo o desdobrar aqui é velocidade da luzzzzz a justiça vai triunfar sobre aqueles que se acharam maiores que Ele

Admin bar avatar
Membro
Richard Maquiavel

A maquiagem da falsa de Israel está se desmanchando

Samuel Rodrigues
Membro

A casa ta caindo 😂