Dendrologia: estudando o passado através das árvores

Compartilhe a Verdade:


O que é dendrologia? 
O termo dendrologia vem do grego, onde “dendro” é árvore e “logia” é estudo. O termo foi criado em 1668 por Ulisse Aldrovandi (fundador natualista italiano do Jardim Botânico de Bolonha) com a publicação de Dendrology.
Conforme a árvore se desenvolve ao longo dos anos ela gera anéis. Os anéis são formados por a partir das camadas que ficam ao tempo, isso é, qualquer efeito natural ou antrópico, fica visível em seus anéis conforme o passar do tempo.
Por exemplo, se houver fenômenos que afetam a árvore como inundações, incêndios, deslizamentos de terra, aquelas cicatrizes permanecem na crosta, mas à medida que cresce, são deixados dentro do tronco, de modo que você pode saber o que aconteceu no passado .
Dendrocronologia
 
A dendrocronologia é uma técnica de datação que se baseia nos anéis de crescimento das árvores. Este anéis são bem distintos nalgumas árvores que crescem em zonas de clima temperado, com estações do ano bem definidas e resultam da variação da velocidade de crescimento do tronco ao longo do ano.
 
Dendrogeomorfologia
Existe um estudo que é baseado nos anéis das árvores, é conhecido como dendrogeomorfologia, onde consiste em investigar acontecimentos geológicos/geográficos. Os anéis é uma fonte muito importante de dados para estudos territoriais, urbanos, de infraestrutura ou de manejo natural.

Dendroclimatologia 

Sabemos que através dos anéis é capaz de calcular a idade das árvores, mas a verdade é que não é bem assim. Os anéis escuros são formados no inverno, é uma madeira mais densa e compacta que serve para proteger a árvore do inverno, enquanto os anéis claros são formados no verão, gerando assim partes menos compactas da árvore.
Os anéis claros são mais largos porque a árvore desfruta de boas temperaturas e nutrientes, tendo uma ótima atividade biológica na qual permite que ela se desenvolva mais rapidamente. Em épocas de secas, quando o nível de água disponível pode ser menor, os anéis são claros são mais estreitos, isso pode ser uma amostra de seca histórica.
Já em consideração para períodos de inverno, anéis escuros e muito largos pode refletir que houve um inverno longo e severo, desta mesma maneira funciona para anéis claros, de acordo com sua largura, refletem verões mais ou menos longos.
A mudança climática pode ser estudada através desses bioindicadores, porque o tronco demonstra essas mudanças, tanto que mesmo as árvores fósseis nos permitem estudar o clima das eras passadas.
É importante dizer que não é necessário cortar árvore para fazer esse tipo de estudo, pois é usado um trado que permite que uma testemunha interna seja extraída da madeira, deixando a árvore intacta.

Compartilhe a Verdade:


6
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




6 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
Elielton MarianoLucasSsDouglas CeronMárcio Henrique Brito VieiraAdmin bar avatar Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Dri
Membro
Dri

Que máximo!!
Luz p nós.

Admin bar avatar
Membro
Richard Maquiavel

Desvendando a profundidade da natureza. Luz pra nós

Márcio Henrique Brito Vieira
Membro
Márcio Henrique Brito Vieira

Muito interessante!! Luz pra nós!!

Douglas Ceron
Editor

FAscinante.
Luz pra nós!

LucasSs
Membro
LucasSs

legal

Elielton Mariano
Membro

Bem interessante!