Profissionais de transporte estão entre os mais vulneráveis