China envia à Venezuela avião com 65 toneladas de medicamentos

Compartilhe a Verdade:


Embaixador chinês na Venezuela diz que este carregamento faz parte dos “acordos de cooperação” entre Caracas e Pequim.

Um avião proveniente da China com 65 toneladas de medicamentos e material médico chegou esta sexta-feira à Venezuela, anunciou o Governo do Presidente Nicolás Maduro, que considerou esta “uma vitória” contra as sanções dos Estados Unidos da América.

“Nós estamos vencendo o alegado cerco, o bloqueio posto em prática pela administração de Donald Trump e pelo fantoche diabólico aqui na Venezuela”, disse o vice-Presidente venezuelano, Tareck El Aissami, em referência ao líder da oposição, Juan Guaidó.

Tareck El Aissami afirmou, em uma conferência de imprensa que decorreu no Aeroporto Internacional de Caracas, que este é o primeiro carregamento e que outros se seguirão.

De acordo com o vice-Presidente, a ajuda humanitária inclui lotes de antibióticos, analgésicos, medicamentos para diabetes e equipamentos cirúrgicos.

Presente na chegada do avião, o embaixador chinês na Venezuela, Li Baorong, declarou que a o carregamento de material médico faz parte dos “acordos de cooperação” entre Caracas e Pequim.

Também esta sexta-feira, o enviado especial dos Estados Unidos para a Venezuela, Elliott Abrams, disse que o Governo norte-americano apelou à China e às empresas petrolíferas de todo o mundo para cortarem as relações comerciais com o executivo de Maduro.

Compartilhe a Verdade:


Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




  Subscribe  
Notify of