Brasileira de 18 anos é premiada após criar plástico com sobras de suco de maracujá

Compartilhe a Verdade:


Antes mesmo de entrar na faculdade, a estudante Juliana Davoglio Estradioto desenvolveu um plástico inovador a partir de uma substância inusitada, que é uma alternativa ao derivado do petróleo. Depois de um ano de pesquisas, a jovem criou um filme plástico feito com o remanescente da produção industrial do suco do maracujá e como resultado desta realização incrível, acaba de ganhar o 29º Prêmio Jovem Cientista.

O material pode ser usado como uma alternativa sustentável aos sacos plásticos, isopor ou, até mesmo ser utilizado como suporte de mudas de plantas. A estudante, que está finalizando o ensino médio, ainda irá representar o Brasil em outros eventos científicos pelo mundo no ano que vem, como Estocolmo e Nova York.

Apesar da falta de incentivo à ciência e pesquisa por parte do governo, são cabeças como esta que nos fazem acreditar que é possível construir uma nação mais íntegra e sustentável.

Juliana pretende cursar engenharia química e afirma que o material desenvolvido por ela, além de diminuir o uso de plástico sintético, faz bom uso do descarte de restos de maracujá, que é o que não falta no Brasil.

Compartilhe a Verdade:


4
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Admin bar avatarJosimar LimaDeborah Hgg Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Deborah Hgg
Membro
Deborah Hgg

Orra que massa, orgulho desse país!! Além de sustentável, todo mundo vai ficar calminho tomando suco de maracujá. Quero ver muitos pés de maracujá, com aquela flor que é uma das mais bonitas do mundo!

Membro

Fico muito contente em ver notícias como essas. Maracujá é uma maravilha mesmo, aproveita-se de tudo!

Josimar Lima
Editor

O passo é esse usar da natureza biológicas e não sintético acredito ter mais valor!

Admin bar avatar
Membro
Henrique Barboza Vaz

Fruto da nossa terra, Luz pra nós!