“Bolsonaro tira R$ 8 do mínimo mas perdoa dívida de 17 bi de ruralistas”

bol - "Bolsonaro tira R$ 8 do mínimo mas perdoa dívida de 17 bi de ruralistas"

Compartilhe a Verdade:


A crítica é do deputado estadual no Rio de Janeiro Marcelo Freixo (Psol); “O orçamento para 2019 previa salário mínimo de R$ 1.006, mas @jairbolsonaro assinou decreto estabelecendo R$ 998. Esses R$ 8 a menos fazem diferença na vida dos trabalhadores. Ao mesmo tempo, ele anuncia que perdoará a dívida de R$ 17 bilhões de ruralistas com a União”

 


De acordo com o secretário de Assuntos Fundiários no Ministério da Agricultura, o presidente da União Democrática Ruralista (UDR), Luiz Antônio Nabhan Garcia, Bolsonaro garantiu que vai trabalhar para aprovar a Lei 9.525/2017 para conceder perdão das dívidas acumuladas por produtores rurais e agroindústrias com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), com valor estimado de R$ 17 bilhões.

 

4
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Arlete LimaLeandro de Oliveira JerônimoDouglas CeronMarcio Alves Otero Barco Juntor Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Marcio Alves Otero Barco Juntor
Membro
Marcio Alves Otero Barco Juntor

E ainda usa o nome de Cristo em vão

Douglas Ceron
Editor

Falso cristão maldito! FAlso militar. FAlso ser humano.
Um verdadeiro Imbecil A pior marionete que os judeus já fabricaram pra foder as massas gentias cegas!

Leandro de Oliveira Jerônimo
Editor
Leandro de Oliveira Jerônimo

Ao meu ver esses 8 a menos no bolso de cada um mesmo pode não fazer tanta diferença ( claro que ele poderia tirar doutros pontos, não to justificando, muito pelo contrário ), mas se você multiplicar esse valor pelo número de pessoas que depende do salário mínimo da um valor enorme tirado do trabalhador. Mas é foda isso.
Cara mané esse Bolsonaro.

Arlete Lima
Membro
Arlete Lima

Mudan-se as caras e nomes mas quem governa são os mesmos. Mas ele sempre disse que não iria governar para as minorias, então nada de surpresa!