ter. set 17th, 2019

Bolsonaro mudou comando da PF no Rio para brecar investigação sobre milícias

Compartilhe a Verdade:


Bolsonaro mudou comando da PF no Rio para brecar investigação sobre milícias

Aparece o verdadeiro motivo da crise entre Jair Bolsonaro e o comando da PF no Rio, que teria levado à exoneração do delegado Ricardo Saad: um inquérito sobre as milícias e a lavagem de dinheiro. Há dois meses o inquperito chegou ao conhecimento de Bolsonaro, que teria ficado furioso. A crise ainda poder levar à queda do diretor -geral do órgão, Maurício Valeixo

 

Aparece o verdadeiro motivo da crise entre Jair Bolsonaro e o comando da PF no Rio, que teria levado à exoneração do delegado Ricardo Saad: um inquérito sobre as milícias e a lavagem de dinheiro. Há dois meses o inquperito chegou ao conhecimento de Bolsonaro, que teria ficado furioso. A crise ainda poder levar à queda do diretor -geral do órgão, Maurício Valeixo. A informação é do jornalista André Guilherme Vieira, no Valor Econômico.

“A PF chegou aos milicianos ao descobrir que um grupo estaria achacando doleiros investigados por lavagem de dinheiro. Apesar de mantida sob discrição, a notícia sobre a investigação teria sido transmitida ao Palácio do Planalto por policiais federais próximos de Bolsonaro”, informou o jornalista.

A notícia acendeu o sinal vermelho no clã. As relações entre os Bolsonaro e o ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega, chefe do “Escritório do Crime”, no Rio, são antigas e conhecidas. Sua ex-mulher e mãe trabalharam no gabinete da Assembleia Legislativa do hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).  A mãe do miliciano participava do esquema de “rachadinha” de funcionários coordenado pelo ex-assessor Fabrício Queiroz.

Informado sobre o perfil técnico de Ricardo Saadi – que é especialista no combate a crimes financeiros e organizações criminosas -, Bolsonaro passou a dizer publicamente que o superintendente precisava ser trocado por “problemas de produtividade”. Saadi terminou exonerado no dia 30 de agosto.

A saída de Ricardo Saadi da PF do Rio marcou o início da crise do ministro Sergio Moro. A iniciativa para deixar a base fluminense da corporação foi do próprio Saadi. Mas acabou antecipada em ao menos quatro meses por decisão de Bolsonaro, alarmado com o rumo das investigações.

Fonte- brasil247.com

 

Veja também

Ajudem no merch, comprem Téritos e produtos! Precisamos deixar aqui pronto até o fim de Outubro. Ajudem nos DOIS SITES, quem mais ajudar será convidado, sem custos, para os melhores eventos da Escola. Luz p´ra nós.

Compartilhe a Verdade:


10
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




10 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
10 Comment authors
Marcio Alves Otero Barco JuntorJonathan MunizElisângela Brown.Thiago Galhas Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Membro

Eles podem até fugir da justiça temporariamente, e continuarem se sujando cada vez mais. Logo não haverá mais como fugir. A Justiça é certa!
Obrigada pelo compartilhamento.
Luz pra nós!

Raquel Broll
Membro

Estão no desespero total, Luz pra nós irmão!

Douglas Ceron
Editor

Podridão e mais podridão dessa corja maligna cabalista!
Luz pra nós!

Luiz Cláudio
Membro
Luiz Cláudio

Tantas provas do envolvimento dos bolsonaros com as milícias e ninguém faz nada.como diz o seu Omar da da série todos odeiam o Cris “trágico”!

Thiago Galhas
Membro

Tentam de todas as maneiras, mas só estão adiando o caos intenso que fatalmente terão que encarar!
Aliás, já estão na “frigideira”, mas o fogo ainda está baixo
Luz p’ra nós!

Gabriel M. Oliveira
Membro
Gabriel M. Oliveira

Luz pra nós

Elisângela Brown.
Membro
Elisângela Brown.

Ainda bem que ele só exonerou o Ricardo Saad e não fez coisa pior, pois geralmente quem investiga as milícias do Rio de Janeiro são EXECUTADOS. Uma juíza de Direito do Estado do Rio de Janeiro estava investigando as milícias, polícias militares e funcionários públicos do Rio de Janeiro e Flávio Bolsonaro quando era deputado criticava a juíza. Os PRÓPRIOS policiais militares que faziam a segurança da juíza levaram ela para uma emboscada e ela foi executada com vinte tiros. Não é de hoje que a milícia do Rio de Janeiro tira de cena quem o investiga. Bolsonaro está é… Read more »

Membro
dayllon13

nada escapa à Justiça de Deus!! obrigado, parabéns pela matéria e por sempre nos manter informado com a Verdade . Luz p’ra Nós 🍎

Jonathan Muniz
Admin
Jonathan Muniz

Luz p’ra nós!

Marcio Alves Otero Barco Jr
Membro
Marcio Alves Otero Barco Jr

Luz pra nós!