Atirar para matar em gaza, incluam crianças

Compartilhe a Verdade:


O ministro da Educação de Israel, Naftali Bennett, disse ontem que imporá uma política de “atirar para matar” em Gaza, inclusive contra crianças palestinas.

Bennett fez o comentário via Rádio sobre o Exército de Israel depois que lhe perguntaram o que faria de diferente se ele fosse o ministro da Defesa. Bennett respondeu:

Tudo. Eu não permitia que terroristas atravessassem a fronteira de Gaza todos os dias … e, se o fizessem, deveríamos atirar para matar. Terroristas de Gaza não deveriam entrar em Israel … Assim como no Líbano, na Síria ou em qualquer outro lugar, devemos atirar para matar.

 

Os terroristas que ele cita acima são famílias e gerações inteiras quais tiveram suas terras roubadas e vivem sob regime forçado prisional das forças judaicas em Gaza desde o final da 2 guerra, quando a Inglaterra deliberadamente deu todas as terras palestinas aos Judeus ILEGALMENTE, por eles terem patrocinado midiaticamente e financeiramente os EUA, ajudando assim, a tirania judaica, a vencer Hitler e dar sequência em sua agenda de comando global ditada pelo Dólar.

Bennett foi então questionado se ele também instruiria o exército israelense a adotar uma política de matança de tiro contra crianças palestinas, à qual ele respondeu: “Eles não são crianças – eles são terroristas. Estamos nos enganando ”, relatou o Times de Israel.

Sua abordagem não se limitará aos palestinos que tentam romper o cerco israelense de 11 anos à Faixa, mas também àqueles que lançam os chamados balões e pipas incendiários do enclave. Bennett enfatizou: “Taticamente, precisamos atirar naqueles que enviam balões criminosos de Gaza. Nós não lidamos com o problema quando era pequeno […] Nós faremos o que deveríamos ter feito há meio ano, apenas com interesse. ”

Atirar para matar. Inclusive Crianças
Atirar para matar. Inclusive Crianças

Os comentários de Bennett vêm no contexto de uma contenda em curso com o ministro da Defesa de Israel, Avigdor Lieberman. Na semana passada, Bennett, que também é o líder do partido judeu religioso sionista, acusou Lieberman de “fraqueza” por participar de negociações de cessar-fogo em Gaza. Bennett afirmou que “o terror continua às custas da segurança dos moradores [israelenses] graças à política de contenção e fraqueza de Lieberman”. Ele continuou: “É assim que uma política de fracasso parece […] A situação atual é um resultado direto da política de Lieberman em relação a Gaza.”

Compartilhe a Verdade:


1
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
João Pedro Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
João Pedro
Membro

Política do Satanás. Devem ser cortados ao fio da espada pelas barbaridades feitas contra os palestinos. “Que Deus não os perdoem, pois eles sabem o que fazem…”