A Revolução da Cannabis #7

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Amsterdã quer proibir turistas estrangeiros de comprar maconha na cidade

 

Olá irmãos,

 

Bem vindos novamente a linha do tempo da cannabis. Mostrarei 5 mitos e 2 verdades sobre os coffes shops e o grande Verão da Lata considerado por muitos um folclore.

Acompanhe a linha do tempo aqui

 

1980

Na Holanda, começa a Gedoogbeleid, política de tolerância a coffes shops.

 

 

1981

Nasce o Comando Vermelho, que no fim da década se consolidaria como o principal varejista de maconha no Rio de Janeiro. Nos anos 90, o Primeiro Comando da Capital apareceria para dominar o mercado de São Paulo.

 

 

1983

Primeira edição de Indoor Marijuana Horticulture (Horticultura de maconha em interiores) Considera da a “Bíblia do cultivo”, o livro ajudaria a popularizar a prática em todo o mundo.

 

 

1985

Estreia o jornal Soft Secrets, dedicado a cultura canábica.

 

 

1986

Bezerra da Silva grava Malandragem dá um tempo. Porta-voz número um dos morros cariocas, o pernambucano que aportou no Rio aos 15 anos estourou com o disco Alô malandragem, maloca o flagrante graças ao hit que conta como um maconheiro experiente se livra dos dedos-duros das bocas de fumo. O sambista, no entanto, alegava só ter apertado e acendido uma única vez, por volta dos 17 anos, e não gostado dos efeitos.

 

Bezerra da Silva – Virgula

 

O MALANDRO E A ERVA

Os três maiores sucessos do cantor com a droga

 

1986 – MALANDRAGEM DÁ UM TEMPO

Vou apertar/ Mas não vou acender agora/ Se segura malandro /Pra fazer a cabeça tem hora/ A culpa é da sociedade que o transformou

 

1987 – A SEMENTE

Meu vizinho jogou/ Uma semente no seu quintal/ De repente brotou/ Um tremendo matagal/ Mas foi pintando sujeira/ O patamo estava sempre na jogada/ Porque o cheiro era bom/ E ali sempre estava uma rapaziada

 

1996 – A FUMAÇA JÁ SUBIU PRA CUCA

Ai doutor esse malandro é de verdade/ Não sobrou nem a beata/ Não tem flagrante porque a fumaça já subiu pra cuca, diz ai

 

 

 

1987

Navio a caminho quebra em alto mar e, antes de atracar, despeja
22 toneladas de maconha de alta qualidade que trazia da África para os EUA no litoral carioca, inaugurando o “verão da lata” em 25 de setembro.

 

Veneno da Lata

Jornalista Wilson Aquino resolveu contar em livro a história do episódio folclórico da história recente da maconha no Brasil. Veja:

 

O que foi o “verão da lata”?


Para os maconheiros, foi um sonho de verão. Milhares de latas com um quilo e meio de maconha da boa flutuando no litoral brasileiro, entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. E de graça.
Houve uma corrida as praias. 

 

Por que fazer um livro sobre isso?


Por que o episódio marcou uma geração e faz parte da história contemporânea brasileira. Além de ser surreal. Tanto que para muitos jovens o verão da lata não tinha existido, era apenas um folclore.

 

Você viveu essa época? O que se fumava na cidade naquela época e o que era a droga da lata comparada com essa droga da rua?

Vivi, sim. No Brasil, a maconha vendida nas bocas de fumo ou nas faculdades não era prensada, era solta, vinha em pequenos galhos, que a gente chamava de camarões. Dava onda, mas era fraquinha e dava muita tosse. A da lata era poderosa, cheirosa e dava uma onda diferente, o cara dava uma tragada e “uau”: viajava.

 

Quais as coisas mais curiosas ou bizarras com que você topou na apuração para este livro?

Virou o mundo pelo avesso. Os pescadores saiam para o alto mar mais preocupados em achar lata do que peixe. As bocas de fumo tradicionais viram cair o movimento. A policia passou a dar plantão na praia. E teve gente atravessando o pais para fumar “o da lata”. O pessoal de Minas Gerais, por exemplo, vinha para o litoral norte paulista para comprar com os pescadores. Além disso, o verão da lata” mexeu com o setor cultural: teve música, roupa e até livro sobre o fenômeno.

 

A Lenda do Verão da Lata - ISTOÉ Independente

 

 

Maconha na Holanda

5 mitos e 2 verdades sobre os coffes shops

 

  • 1 MITO

A Holanda legalizou a maconha jamais.
Em 1976, a lei mudou, mas apenas para descriminalizar o porte de até 30 gramas de maconha para consumo. Nessa época, alguns cafés já vendiam pequenas quantidades da droga, ilegalmente mas a polícia fazia vista grossa. Em 1980, o Ministério Público determinou que os coffee shops não seriam processados se cumprissem cinco regras básicas. Como a venda de grandes quantidades continua proibida, o país ainda tem o “problema da porta dos fundos” como conseguir a droga vendida na porta da frente?

 

  • 2 MITO

O governo quer banir os coffee shops.
Estado está fiscalizando melhor o cumprimento das cinco regras de funcionamento e fechou 18% dos 813 cafés que havia em 2000. Apenas um dos 106 municipios que permitiam a presença de coffee shops baniu essas lojas nos últimos cinco anos. Nacionalmente, não existe nenhum plano para extingui-los.

 

  • 3 MITO

A Holanda proibiu a venda para turistas
A lei entraria em vigor em 2013, mas as cidades poderiam optar por segui-la. E não pegou. Em Amsterdã, ela foi colocada de lado porque um terço de seus turistas visita essas lojas. A lei só foi adotada por cidades do sul do país, como Maastrich. Mesmo lá, alguns municípios que seguiram a lei mudaram de ideia.

 

  • 4 MITO

A Holanda é o país mais maconheiro da Europa
Na Holanda, 4,2% da população 15 a 64 anos usa maconha pelo menos uma vez por ano. É média europeia. Nos jovens de 15 a 24 anos, o uso regular é o 14° maior, entre 31 países.

 

Maconha na Europa: usuários regulares

 

  • 7% ESPANHA
  • 5,4% POLÔNIA
  • 4,9% REINO UNIDO
  • 4,6% FRANÇA
  • 4,2% HOLANDA

 

Fonte EMCDDA, Statistical Bulletin, 2013.

 

 

  • 5 MITO

Tolerar os coffee shops deu errado.
O objetivo da medida era separar o comércio de maconha e o de heroína, droga problemática da Europa dos anos 70. Os indicadores mostram que isso funcionou. Cerca de 60% dos atuais dependentes de heroína têm mais de 40 anos e os novos casos são apenas 4% do total.

 

 

  • VERDADE 1
    A maconha holandesa é mais forte.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • VERDADE 2
    Maconha com mais de 15% de THC pode ser proibida

Uma comissão recomendou ao governo classificar variedades com mais de 15% de THC como drogas pesadas. Isso proibiria sua venda em coffee shops. E o governo holandês tem a tradição de ouvir o que dizem seus cientistas sobre política de drogas.

 

 

O país tem 666 coffes shops

 

  • 90% do usuários regulares adquirem maconha nestes locais. 

 

  • 1 em cada 3 cafés está em Amsterdã 

 

  • 225 coffes shops: 74 na região turística 

 

  • Em média 2.860 clientes por dia e faturamento médio de 138 mil 

 

  • 75% das vendas são de maconha

 

  • 25% de haxixe 

 

Fonte: Netherlands Drug Situation, Trimbos Institut, 2011

 

 

AS 5 REGRAS DOS COFFES SHOPS

 

1-
Proibido para menores de 18 anos

 

2-
Vendas de até 5 gramas por pessoa e no máximo 500 gramas no estoque

 

3-
Proibido álcool e drogas pesadas

 

4-
Nada de bagunça na vizinhança

 

5-
Nada de propaganda

 

 

Referencias: Esta publicação foi escrita com as fontes da Abril e Founders Grotesck

 

 

terito logo

Vamos ajudar

Ajudologia

Estimados irmãos e irmãs.

Em primeira ordem de relevância, eu lhes convido a revisitar a importância da interatividade no site.

• Comentários

• Compartilhamento

• Likes em todos os posts nas redes sociais

• Interação com o “merch” nos dois sites: aqui no portal e no site do livro (aprenda mais sobre nos grupos de alunos)

• Assiduidade, presença no portal todos os dias

• Consumo e produção/criação de conteúdo

• Compras na loja

• Matrículas em cursos a níveis profundos (ganhe téritos na compra)

• Pré-reserva de livros: Eu Mordi a Maçã, Lilith, O Anjo está em pé e Poemas do Inferno.

• Ser Membro

Acesse também:

Escola de Lucifer
Círculo EDL
Unebrasil

Livro Lucifer

Unebrasil.net
Quero Vencer
Congresso Digital

Luz p’ra nós!

 

Material Complementar:

 

 

Compartilhe a Verdade:


5 2 votes
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Ronaldo Vieira

Não sou nada além da predisposição de ser tudo que Ele quiser

Entre com:




Subscribe
Notify of
20 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Gustavo Borba
04/08/2020 10:53 pm

666 coffes shops? Coincidência? Luz p’ra nós!

Lucas Schwarzbold
Editor
04/08/2020 11:04 pm

Salve a ganja
Luz pra nós

Ana Paula
04/08/2020 11:39 pm

Luz p’ra nós

MariaFe
04/08/2020 11:45 pm

Está sendo top acompanhar a revolução da erva santa! Luz p’ra nós!

Admin bar avatar
05/08/2020 2:59 pm

Posts muito bem organizados estou adorando. Luz pra nós ✨

05/08/2020 1:10 am

666 coffeshops hahah viva santa erva q o Mestre mais comunga!!! Luz p’ra Nós 🍎

Márcio Henrique
05/08/2020 9:46 am

Top!! Luz pra nós!

Eduardo Donald
05/08/2020 10:00 am

freekanabs

Shirley 666
05/08/2020 12:15 pm

Gratidão irmão, vários desdobramentos com essa sua serie…muito bom conhecer a historia da cabanis, até pra ser capaz de debater melhor sobre a liberação.
Luz p´ra nós!

Luiz Cláudio
05/08/2020 12:39 pm

Luz p’ra nós!

Bruno Silva
05/08/2020 2:20 pm

Luz p’ra nós…

Jonathan Muniz
05/08/2020 5:13 pm

Luz p’ra nós!

Williams Rodriguez
05/08/2020 6:13 pm

Luz pra nós !

Admin bar avatar
06/08/2020 11:09 am

Salve a Mariajuana. Luz p’ra nós!

Tatta Amanda
Reply to  Aurélio de Carvalho 🇧🇷 ❄
13/08/2020 9:22 pm

Salveeee!
Luz p’ra nós.

khetelin oliveira
06/08/2020 5:51 pm

Luz p’ra nós!

Next Post

São Cristóvão na série Dark

ter ago 4 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Olá irmãos! Vendo a série me deparei com uma menção ( provalmente mais do que isso como veremos) à esse Santo que para mim tem de especial, pois na cidade onde eu cresci há um lugar chamado São Cristóvão, onde levavam as crianças da escola pra […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Mateus Oliveira
André Dias
hebert silva
Jac Jannie
Arlete Lima
Leonardo Moreira
Leandro Quantum Oliveira.

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

error

Seja caminho para a Verdade

20
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas