A influência musical no cérebro e nas emoções

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Saudações aos mestres, alunos e leitores em geral. 

Antes de eu começar a citar sobre algumas influências que a música proporciona no cérebro e nas emoções, explicarei de forma breve e sucinta como a música está relacionada com a Geometria Sagrada. É necessário compreendermos que qualquer ruído, barulho ou som que ouvimos, depende das 7 notas básicas com seus intervalos (sustenidos e bemóis) e sua relação com as 7 cores: C-Dó-Violeta, D-Ré-Vermelho, E-Mi-Laranja, F-Fá-Amarelo, G-Sol-Verde, A-Lá-Azul e B-Si-Índigo; sendo Mí e Sí os semi-tons. Por isto a Escala Maior é: Tom, Tom, Semi, Tom, Tom, Tom, Semi. Estas 7 notas básicas e limitadas criam infinitas canções porque em qualquer escala haverá 6 notas em perspectiva e uma tônica no centro gerando referência e coordenando os 6 demais ângulos. A partir daí, cria-se o infinito. Eis o momento Septa com 2 celtas em 1 centro (hexagrama).

Notas musicais: 440Hz, o Controle pela Música

A música ativa certas regiões no cérebro que são envolvidas com movimentos, planejamento, atenção, aprendizagem e memorização. O intenso prazer que se sente ao escutar música provoca no cérebro a liberação de dopamina, um neurotransmissor que serve para reforçar alguns comportamentos essenciais à sobrevivência, ou pode ainda desempenhar um papel na motivação.

Pesquisadores da Universidade McGill, em Montreal, no Canadá, selecionaram dez voluntários, de 19 a 24 anos, entre os 217 que responderam a um anúncio solicitando pessoas que que sentiam sinais de extremo prazer ao escutar música. Por meio de aparelhos de diagnóstico por imagens, a equipe dos cientistas Salimpoor Valorie e Robert Zatorre mediu a liberação de dopamina e a atividade do cérebro. Paralelamente, sensores informavam a frequência cardíaca e respiratória dos voluntários, sua temperatura ou sinais de estremecimento de prazer no nível da pele.

Cérebro – Os resultados mostram que a dopamina é secretada antes do prazer associado à música ouvida, e durante o próprio “estremecimento” de prazer, ou seja, no auge emocional. Tratam-se de dois processos fisiológicos distintos que envolvem diferentes regiões no “coração” do cérebro. Durante o auge do prazer, é ativado o núcleo “accumbens”, envolvido na euforia produzida pela ingestão de psicoestimulantes – como a cocaína. Antes, no prazer por antecipação, a atividade da dopamina é observada em outra área do cérebro.

O nível de liberação da dopamina varia com com a intensidade da emoção e do prazer, em comparação com as medições realizadas ao escutar uma música “neutra” (indiferente aos voluntários). “Nossos resultados ajudam a explicar porque a música tem esse valor em todas as sociedades humanas”, destacam os pesquisadores. A pesquisa permite ainda compreender “porque a música pode ser utilizada de forma eficaz em rituais, pelo marketing ou em filmes para induzir estados de humor”. Como um prazer abstrato, a música contribuiria, graças à dopamina, para um fortalecimento das emoções, ao estimular noções de espera (da próxima nota, de um ritmo preferido), de surpresa e de expectativa.

E muitas outras pesquisas mostram que, quando ouvimos música, as ondas cerebrais ressoam no mesmo ritmo das pulsações, fazendo com que os batimentos cardíacos e a respiração tendem a se adequar a este movimento.

O nosso cérebro estrutura e ordena a sequência de sons – assim como faz com figuras de uma colagem – e cria um sistema de significados inteiramente particular e inédito.

Já a apreciação da música em si está ligada à capacidade de prever o que ocorrerá a seguir na canção. Isso acontece por meio da sincronia entre os osciladores neurais e o pulso da melodia, que ativam o cerebelo – região do cérebro responsável pela manutenção do equilíbrio corporal.

Mais do que qualquer outro estímulo, a música tem a capacidade de evocar imagens e sentimentos que não precisam necessariamente ser refletidos diretamente na memória. Isso quer dizer que você não precisa ter sofrido uma desilusão amorosa para se sentir triste ao ouvir uma canção sobre coração partido mesmo sem nunca ter passado por essa situação.

A música também traz de volta memórias a um cérebro lesionado. Ela permite com que vários pacientes com lesão no cérebro relembrem de memórias pessoais. A música atinge principalmente o Hipocampo, estrutura do cérebro que guarda as lembranças mais antigas. Por isto, a música é capaz de trazer à tona até memórias de infância.

Em suma, como bem apontado pelo mestre Bob Navarro: “Nem todo som é nota musical (óbvio). – As notas musicais são vibrações harmônicas com a Geometria Sagrada. Ou seja, com uma referência simétrica entre elas e nossa Consciência, por isso nos soa agradável, pois é familiar, está em nós…”

 

Material complementar:

 

 

terito logo

Acesse:

Escola de Lucifer
Círculo EDL
Unebrasil

Livro Lucifer

Unebrasil.net
Quero Vencer
Congresso Digital

Luz p’ra nós!

Compartilhe a Verdade:


5 1 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Gustavo Borba

Entre com:




Subscribe
Notify of
23 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
01/08/2020 11:17 pm

Ótima matéria aliado!!! Luz p’ra Nós 🍎

Amanda Gonzalez
02/08/2020 12:32 am

Lux p’ra Nós 

MariaFe
02/08/2020 12:37 am

Realmente a música tem poder, o de Deus! Luz p’ra nós!

Rayana
02/08/2020 12:42 am

Louvado seja Deus manifesto no Som de suas esferas! Graças à sua divina Música! Luz pra nós!

Tatta Amanda
02/08/2020 7:42 am

Matéria super legal irmão!

Ana Paula
01/08/2020 11:59 pm

Ótima matéria, gratidão!! Luz p’ra nós

Romário Vieira
02/08/2020 9:11 am

Cada som, uma emoção. Luz p’ra nós!

José
02/08/2020 9:13 am

Luz pra nós

Ronaldo Vieira
02/08/2020 11:06 am

Massa irmão, gratidão! 🙏🏼 Luz pra nós!

Márcio Henrique
02/08/2020 11:48 am

Luz pra nós!

Daniel Lucas
02/08/2020 12:00 pm

Show de bola a matéria piá

Lucas Schwarzbold
Editor
02/08/2020 2:31 pm

Musica é o nectar dos deuses.
Luz pra nós!

Admin bar avatar
02/08/2020 4:40 pm

luz p’ra nós!

Everton
02/08/2020 5:20 pm

A música realmente nos transporta para vários momentos, agora com o conhecimento, entendemos melhor como isso sintetiza em nós! Luz p’ra nós irmão!

Michelly
Admin
02/08/2020 7:50 pm

Luz p’ra nós!

Luiz Cláudio
02/08/2020 10:21 pm

Luz p’ra nós!

Miryam Yoshiko
Admin
03/08/2020 10:51 am

Muito bom irmão! 👏

Leonardo Moreira
03/08/2020 12:04 pm

Gostaria de voltar a tocar violão e teclado, esse post me deu inspiração.
Obg Luz P’ra Nós!

(Alleyn)
03/08/2020 7:49 pm

Luz pr’a nós 🙏

(Alleyn)
04/08/2020 12:24 am

Luz pr’a nós 🙏💜💚🌹

Dri
Dri
04/08/2020 1:05 pm

Muito bom!!
Compartilhando
Luz pra nós 🙏

João Judá Oliveira Pereira
06/08/2020 1:03 pm

Bastante interessante e importante, luz p’ra nós!

Camila Ribeiro
07/08/2020 10:08 am

Luz pra nós!

Next Post

Finlândia se tornará o primeiro país do mundo a abolir todas as disciplinas escolares

sáb ago 1 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade: Em uma era de tecnologia e informações de fácil acesso, nossas escolas ainda esperam que saibamos tudo dos livros, sem considerar se isso será o que realmente precisamos no nosso desenvolvimento profissional. Quantas vezes você se perguntou se precisaria de matérias para aprender porque o […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

MariaFe
Lin de Oliveira
Tiago marques
Amanda Gonzalez
Leandro Quantum Oliveira.
otavio lage
Victor Hugo B. de Melo
Rayana
PTAH
Bruna Rocha
Jaques

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos
error

Seja caminho para a Verdade

23
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas