66 ataques aéreos israelenses em menos de 12 horas deixam dezenas de civis palestinos sem teto

Compartilhe a Verdade:


Gaza, dois milhões de palestinos são vítimas dos ataques aéreos israelenses e da política de punição coletiva. Um total de 500 casas na Faixa de Gaza foram danificadas e cerca de 30 casas foram completamente destruídas

Entre segunda-feira, 25 e terça-feira, 26 de março de 2019, as forças israelenses realizaram dezenas de ataques aéreos contra vários alvos em toda a Faixa de Gaza. Estes são os ataques aéreos mais violentos nos últimos meses que causaram o deslocamento de dezenas de pessoas 10 dias após uma agressão similar ter ocorrido.

Durante 12 horas, dois milhões de palestinos da Faixa de Gaza viveram em estado de terror por causa dos contínuos ataques aéreos israelenses em vários lugares; alguns deles em áreas densamente povoadas de toda a Faixa.

De acordo com a documentação de campo trabalhadores PCHR, aviões israelenses lançaram 66 mísseis contra 34 alvos em toda a Faixa de Gaza, incluindo edifícios residenciais e instalações civis sob o pretexto de abrigar dentro de escritórios de serviços segurança. Como resultado, dois civis palestinos foram feridos devido à dispersão de vidro e tijolos após ataques aéreos.

Durante e após os ataques, dezenas de civis foram obrigados a evacuar suas casas à noite em condições muito frias. 13 famílias compostas por 70 membros, incluindo 44 menores e 14 mulheres perderam suas casas.

Compartilhe a Verdade:


4
Deixe um comentário

Please Login to comment

Entre com:




4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors
Sayler Céfas 666João PedroThiago GalhasKaique Aguiar Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Kaique Aguiar
Membro
Kaique Aguiar

Comentei sobre isso no Facebook no dia do ocorrido e um monte de pessoas defenderam Israel, não sabem 1% do que esses imundos causam, Deus proteja essa nação Palestina, o retorno virá…

Thiago Galhas
Membro

E a injustiça não pára… mas ela é só perspectiva do alívio que virá quando a justiça enfim prevalecer. Mas ainda assim, não podemos deixar de lamentar e nos indignar. Força aos justos! Luz p’ra nós.

João Pedro
Membro

Triste!
Luz pra nós!

Sayler Céfas 666
Membro

Ainda tem imbecil defendendo essa falsa Israel podre!